Um grupo de Porto Alegre encontrou uma maneira simples e eficaz de sinalizar os pontos de parada do transporte público. O coletivo colou adesivos na estrutura de pontos de ônibus de 20 cidades, ajudando os usuários a se localizarem.

A iniciativa supre a carência de sinalização em boa parte desses locais. Aliás, a ideia surgiu, justamente, pelo fato dos criadores da ação estarem cansados de dependerem da boa vontade de outros passageiros.

O coletivo Shoot the Shit é o responsável pela iniciativa. Desde 2010, o grupo busca formas de melhorar as cidades a partir do engajamento da população. Na ação “que ônibus passa aqui?” a ideia é que os próprios usuários escrevam o nome e o número dos ônibus que passam pelo local.

O projeto foi idealizado por três publicitários: Gabriel Gomes, Luciano Braga e Giovani Groff (este último não faz mais parte do coletivo), na capital do Rio do Grande do Sul.

Para que a ideia pudesse se tornar realidade, uma campanha foi lançada no site de financiamento colaborativo Catarse, em que solicitaram seis mil reais para produzir os adesivos. Ao fim da ação, no final de fevereiro, conseguiram arrecadar cerca de mil e oitocentos reais.

Inicialmente o projeto foi rejeitado pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), da cidade, sob a alegação de que a proposta iria danificar o patrimônio público. Entretanto, houve uma pressão popular, que ajudou o grupo a conseguir uma parceria com a EPTC.

O coletivo ressalta que o projeto é barato e de fácil manutenção, portanto sempre que alguém arrancar um adesivo, custa apenas um real colocar outro novamente.

Atualmente, o modelo está disponível na internet para ser espalhado nas cidades brasileiras. A colagem de adesivos já ocorreu até em Lima, no Peru, por iniciativa de moradores que traduziram a mensagem, levando a campanha para fora do País.

O Shoot the Shit ganhou um CNPJ e um plano de negócios. Como empresa, o grupo já desenvolveu outros oito projetos financiados pelos fundadores ou de forma colaborativa.

Qualquer pessoa pode acessar o sitefazer o download do adesivo, mandar imprimir e colar nas paradas de ônibus da sua cidade. Com informações do Imagina na CopaEstadão.

Vejam abaixo o vídeo da campanha:

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.