Quem já assistiu o programa “Desafio em Dose Dupla Brasil”, exibido no Discovery Channel, sabe que sobreviver na selva não é uma tarefa simples, mas que os ensinamentos desse tipo de experiência na natureza são sempre gratificantes.

Aventurar-se em trilhas pela mata, pedaladas pelas montanhas, escaladas pelos paredões envolve, além de coragem, uma série de conhecimentos específicos. Como lidar com situações de fome, frio, sede em ambientes naturais? É esse tipo de resposta que Léo Rocha pretende compartilhar na vivência marcada para acontecer neste fim de semana na Serra do Cipó, em Minas Gerais.

O apresentador mineiro mora há muitos anos em Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso. Aos 11 anos de idade, ele foi convidado a viver com uma tribo indígena do Alto Xingu onde conheceu técnicas indígenas de sobrevivência. Tudo o que aprendeu é mostrado no programa “Desafio em Dose Dupla Brasil”, e por lá são exploradas regiões inóspitas ensinando técnicas de sobrevivência em situações extremas.

A prática “Vivência com Léo Rocha”, na Serra do Cipó, acontecerá nos dias sábado (7) e domingo (8). A experiência pode ser vivida por todo tipo de público.

A ideia é interagir com a natureza e mostrar que, com as técnicas certas, é possível viver em ambientes selvagens. A mata é um paraíso para quem a respeita e ama. Ele ensinará suas técnicas para obtenção de abrigo, fogo, água e alimento: sem caça.

Ele também irá ensinar segurança e manutenção de ferramentas de corte; técnicas de fogo: escolha de diferentes combustíveis para iniciar o fogo e as madeiras corretas para manter a fogueira; alimentação da cultura indígena; água: adquirir, filtrar, purificar; identificação e utilização de recursos da flora local e o uso adequado na sobrevivência em ambientes naturais; abrigos: noções de abrigo natural e a escolha do local adequado para montar uma barraca; perigos e considerações ambientais; manutenção de campo e eliminação de vestígios, e outros temas que possam surgir durante o evento.

Haverá um ponto de apoio e material de segurança como capa de chuva, barracas, óculos de proteção e perneiras.

A aventura acontecerá no município de Conceição do Mato Dentro, Minas Gerais. As  vagas são limitadas para somente 12 participantes. Veja aqui como se inscrever. 

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.