O Largo de Pinheiros é conhecido por ser um dos locais mais áridos da cidade de São Paulo, onde pessoas sofrem com o calor excessivo e também com altos índices de poluição. Inconformados com a falta de verde na região, os ambientalistas Nik Sabey, Sergio Reis e o botânico Ricardo Cardim, se uniram para mudar esta realidade.

Por meio de plantios coletivos eles estão conseguindo melhorar a realidade do local. Há cinco meses, o trio realizou um plantio coletivo em uma esquina deserta do bairro, que ganhou mais de 350 árvores. (veja mais aqui) . Foi durante este plantio que eles perceberam, logo ali em frente, o terreno de um antigo posto de gasolina que se encontrava abandonado, fechado por tapumes e cheio de lixo e entulho, frequentado por carroceiros que ocuparam o local.

Ao buscarem informações na Prefeitura de São Paulo, para saber a situação do terreno, eles descobriram surpreendentemente que ele pertencia a própria prefeitura. O antigo posto foi desapropriado durante uma operação urbana na região e, desde então, ficou esquecido e inutilizado. Então os ambientalistas sugeriram que o terreno fosse restaurado e, recebendo o aval, eles estão prontos para transformar o local em uma praça, com muito verde e vegetação nativa.

Foto: Plantar em Casa Canal Variedades

A prefeitura já retirou todo o lixo e entulho do terreno: foram dez caminhões cheios de lixo. Também foi realizada com financiamento privado a retirada dos tanques de combustível, que permaneciam enterrados no local, por uma empresa especializada.

Houve também a preocupação com a contaminação do solo, por se tratar de um antigo posto de combustível, porém a CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) liberou o plantio e a construção da praça e está monitorando o processo.

Foto: Plantar em Casa Canal Variedades

“Nós ainda estamos desenhando o projeto da praça mas a ideia é fazê-la com espaço para convivência, bancos e trechos mais densos em árvores. Vamos dar foco nas araucárias, a ideia é chamá-la de Praça das Araucárias”, disse Nik Sabey do Novas Árvores Por Aí ao CicloVivo.

Foto: Plantar em Casa Canal Variedades

Para acompanhar os próximos passos fique ligado nas redes sociais do Novas Árvores por Aí.

Mayra Rosa – Redação CicloVivo

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.