auxílio carnaval ambulantes e catadores
Catadores e ambulantes receberão auxílio neste carnaval. Foto: Divulgação | Ambev

Em 2021o Carnaval será diferente, sem festas, multidões e blocos de rua, mas com muita solidariedade. Enquanto muitos vão sentir falta da festa do carnaval, outros vão sentir falta das oportunidades e renda que a folia representa. Entre os profissionais mais prejudicados estão os vendedores ambulantes e os catadores de material reciclável.

A Cervejaria Ambev anunciou duas iniciativas de apoio a estes profissionais que sempre estiveram nas ruas nestes dias. A primeira é a plataforma “Ajude um Ambulante”, uma parceria com o app Zé Delivery, para apoiar os vendedores com um auxílio financeiro, diminuindo o impacto das festas que não vão acontecer.

A expectativa é ajudar cerca de 20 mil trabalhadores em todo o Brasil, com um auxílio de até R$ 255 para cada. Os vendedores devem se cadastrar na plataforma e, com a aprovação do cadastro, o ambulante recebe o valor de R$ 150 e, também, um código para distribuir a consumidores, podendo receber R$ 5 a cada vez que o código for utilizado no Zé Delivery, com máximo de 20 usos por ambulante. Por fim, aqueles que fizerem um curso profissionalizante sobre consumo responsável de álcool disponível na própria plataforma vão receber R$ 5 extras.

A cervejaria também firmou uma parceria com a Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT) para doar R$100 como auxílio financeiro a 2.800 profissionais de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Salvador. Dentre todas as cidades brasileiras, essas foram as praças onde a Ambev atuou no Carnaval de 2020 junto aos catadores e, por isso, a companhia as escolheu como uma forma de ajudar a diminuir o impacto das festas que não vão acontecer.

Além disso, para ajudar ainda mais no trabalho dos catadores e incentivar as pessoas a ficarem em casa e descartarem o resíduo corretamente, a Ambev firmou uma parceria com o portal eCycle que disponibilizará, durante os dias de Carnaval, um serviço de busca por pontos de descarte de resíduos, que serão destinados a cooperativas de reciclagem.

Ao todo, serão mais de 800 pontos de coleta mapeados e mais de 500 cooperativas apoiadas com a iniciativa. Para facilitar o acesso da população, a companhia vai disponibilizar, durante as lives promovidas pelas marcas da Ambev, um código QR da eCycle que vai direcionar o consumidor para a página do site com o serviço de busca dos pontos de descarte mais próximos.

Foto: Boomerang Soluções Ambientais

Outra maneira de ajudar os catadores é contribuir com a campanha de financiamento coletivo lançada pela Boomerang Soluções Ambientais, que atua há 8 anos com a coleta de recicláveis nos blocos carnavalescos do Rio de Janeiro.  Todo o valor arrecadado será dividido entre 22 cooperativas de catadores de recicláveis do Rio de Janeiro que, no ano passado, coletou 35,2 toneladas de resíduos dos 40 maiores blocos da cidade maravilhosa.

Sai a cerveja, entra a vacina

Outra ação da Ambev para este carnaval sem festa é a destinação de 5 mil caixas térmicas que seriam usadas para a venda de cerveja para postos de saúde de todo o Brasil.  As caixas térmicas serão usadas para armazenar e transportar vacinas contra Covid-19 – as 5 mil unidades tem capacidade para armazenar 3 milhões de doses simultaneamente.