O desmatamento na Floresta Amazônica vem aumentando. Segundo o Inpe – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – apenas em abril o aumento dos alertas foi de 62%, se comparado ao mesmo período do ano anterior. E, de acordo com estudos da ONU – Organização das Nações Unidas, a degradação ambiental facilita a transmissão de doenças,  como a Covid-19.  

Com essas informações e de olho no futuro, o Greenpeace decidiu se aproximar ainda mais do público jovem para mostrar a importância da preservação da Amazônia para o equilíbrio no planeta e para o nosso bem-estar.

Com a quarentena, o aumento de tempo que os jovens passam no mundo dos games aumentou e o engajamento dos jogadores de e-sports foi o caminho encontrado para falar com esse público específico.

A ação ”Streamers Em Extinção” criada pela Y&R e realizada em parceria com a Gamers Club tem três objetivos principais: alertar sobre o atual cenário ambiental da Amazônia, abrir um espaço de diálogo com os jovens e, ainda, criar uma nova forma de arrecadação para lutar pela conservação da maior floresta tropical do mundo. 

Streaming e sustentabilidade

Durante um streaming, com lançamento em 22 de maio – Dia Internacional da Biodiversidade – os fãs que já realizam doações para que seus gamers favoritos continuem se dedicando ao e-sport também ajudarão na causa ambiental.

Streamers como Gaules, FalleN, NoBru, The Darkness e Takeshi terão suas imagens trocadas pelas de animais que estão ameaçados pelo desmatamento da Amazônia. Além de passar importantes dados sobre a floresta e sua biodiversidade, os gamers vão competir entre si para ver qual deles consegue arrecadar mais doações em prol da proteção da biodiversidade.

Os gamers vão conversar e interagir com seus fãs por meio de um avatar animal e se tornarão porta-vozes da grave situação da Amazônia – tanto pela preservação do meio ambiente quanto pela proteção da saúde dos seres humanos.

Programe-se

Os primeiros jogos acontecem no dia 22 de maio, sexta-feira, com as participações de Takeshi (League Of Legends), The Darkness e Gaules (Counter Strike), a partir das 10h. As transmissões poderão ser vistas nos canais dos gamers e também do Greenpeace na Twitch.TV, que reunirá todas as partidas.

“A indústria de games é maior do que as do cinema e da música juntas. O seu alcance também impressiona já que uma transmissão de um jogo no Brasil pode ser assistida por fãs em qualquer lugar da Terra. Em um mundo cada vez mais global, a preservação do meio ambiente tem que ser uma preocupação do mundo inteiro para podermos cuidar do planeta e, por consequência, da nossa saúde”, ressalta Rafael Pitanguy, VP de Criação da Y&R.

Confira a agenda dos streamers*:

  • TAKESHI STREAM – 22/5
  • GAULES STREAM – 22/5
  • THE DARKNESS STREAM – 22 & 29/5
  • FALLEN STREAM – 24 & 25/5
  • BAIANO STREAM – 24/5
  • NOBRU STREAM – 26/5

*Novas datas e horários serão divulgados na página do projeto.

Arrecadação e engajamento

Até o dia fim de maio, o total arrecadado na iniciativa será destinado ao Greenpeace para projetos de pesquisas da biodiversidade da floresta, monitoramento do desmatamento e das queimadas e campanhas de proteção da Amazônia.  

“Estamos cada vez mais perdendo florestas sem antes conhecer toda a sua biodiversidade. Mesmo com pouco investimento, cerca de 600 novas espécies foram documentadas nos últimos anos. Infelizmente, muitas delas já tem seu habitat gravemente ameaçado devido ao avanço do desmatamento. Por isso, lançamos o projeto Protegendo o Desconhecido, e queremos engajar os mais jovens na defesa da Amazônia”, afirma Cristiane Mazzetti, da campanha de Amazônia do Greenpeace.

“É com muito orgulho que recebemos a ideia da Y&R e Greenpeace para juntos construir um projeto tão importante para a Amazônia. Temos certeza que quanto mais o assunto for falado, maior a chance dos nossos jovens entenderem a gravidade e começarem a colocar em prática atitudes que poderão mudar o futuro da nossa floresta”, diz Yuri Uchiyama, CEO da Gamers Club.