Ecopontos que trocam recicláveis por bônus na conta de energia reabrem em SP

Para aderir ao Programa Ecoenel é necessário apresentar a conta de energia nos pontos de coleta

ecoponto ecoenel recicláveis
Foto: iStock

Em linha com a flexibilização do isolamento social anunciada pelo Governo Estadual, três dos dez ecopontos que fazem parte do Programa Ecoenel para a troca de materiais recicláveis por bônus nas contas de energia, reabriram, seguindo todos os protocolos de higiene e medidas de distanciamento social.

Para preservar a saúde dos clientes, os ecopontos têm operadores para fazer o atendimento, pesagem dos materiais e entrega dos recibos com os bônus concedidos, seguindo todos os protocolos de higiene e segurança, como o uso de máscara, luvas, álcool em gel e orientações sobre o distanciamento mínimo.

Os demais pontos de coleta reabrirão de forma gradativa.

A distribuidora mantém também uma parceria com a empresa Triciclo, responsável pelas máquinas Retorna Machine. Trata-se de um sistema tecnológico e inovador que faz a coleta de embalagens PET e latas de alumínio e concede benefícios aos usuários, entre eles o bônus nas contas de energia.

As máquinas estão distribuídas em locais públicos e privados, de fácil acesso à população, como estações de metrô e supermercados nos municípios de São Paulo, São Bernardo do Campo, Itapevi e Diadema. Todo o material coletado é tratado e enviado às cooperativas e empresas recicladoras.

Endereços e horários atendimento ecopontos reabertos

Heliópolis
Rua Coronel Silva Castro, altura do n° 202 – São Paulo/SP
Segunda a sexta, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 16h.

São João Clímaco
Rua São João Clímaco esquina com a Rua Luís Abodanza – São Paulo/SP
Terça a sábado, das 8h às 12h30 e das 13h30 às 16h.

Giga Atacado Carapicuíba
Rua Bárbara Hipólito Capriotti, 401 – Vila Ilza – Carapicuíba/SP
Segunda a sexta: 08h às 12h e das 13h às 17h.

Como funciona o Ecoenel?

O programa que oferece bônus na conta de luz em troca de materiais recicláveis (papel, plástico, metal e vidro) é reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente como uma prática de referência para enfrentar os desafios da implantação da Política Nacional de Resíduos. Para aderir ao Programa, basta apresentar a conta de energia em um dos pontos de coleta e receber o cartão Ecoenel.

Após o cadastro, o cliente poderá levar os resíduos pré-separados por tipo até o ponto de sua preferência. Lá, eles serão pesados e o valor do bônus creditado automaticamente na conta de energia. Cada resíduo tem seu valor em quilo, unidade ou litro e, caso o valor da bonificação seja superior ao total da conta, o excedente é creditado automaticamente na fatura seguinte.

Desde o início do programa até o ano passado, o  Ecoenel beneficiou mais de 559 mil clientes, arrecadou 61 mil toneladas de resíduos e concedeu bônus de mais de 11 milhões nas faturas de energia dos clientes atendidos pelas distribuidoras em São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Goiás Além disso, evitou a emissão de  22 mil toneladas de  CO2 na atmosfera. Os pontos de coleta e mais informações sobre o Programa em São Paulo podem ser visualizados aqui.