Campanha arrecada fundos para reflorestar área destruída por queimada
Imagem: Matoca
- Publicidade -

Em julho deste ano, um incêndio de origem desconhecida atingiu a Matoca, uma comunidade agroecológica localizada em Araraquara, no interior de São Paulo. Com o incêndio, grande parte da floresta e de áreas de recarga da nascente foram degradadas. 

Para mudar esse cenário, o coletivo organizou uma campanha de financiamento coletivo com ótimas recompensas para quem deseja fazer parte da construção de um mundo mais biodiverso. A regeneração da área de recarga aumentará o volume de água da nascente que futuramente pode dar origem a um curso d’água na região, contribuindo com todo o seu entorno.

Entre as recompensas por apoiar a campanha estão plantar uma árvore em seu nome, participar de visitas e vivências no local, entre muitas outras oportunidades que podem enriquecer sua aprendizagem sobre a agroecologia e aumentar a sua rede na área de negócios regenerativos.

- Publicidade -

Comunidade Agroecológica “Matoca”

A Matoca é um pequeno projeto de um oásis regenerativo que fica localizado em uma região onde impera a monocultura de cana de açúcar, onde o clima vem se tornando cada vez mais seco e o solo mais pobre e árido. A comunidade está sendo construída com a esperança de trazer a vida de volta. 

“Chegamos na propriedade em 2018 e nesta época só havia um pequeno fragmento de vegetação nativa e muito mato, muito mesmo! Desde então estamos vivendo a transição para o meio rural agroecológico. Estamos bioconstruindo nossas estruturas, plantando comida orgânica, recuperando a nascente e compartilhando muito aprendizado e afeto. Buscamos plantar sementes de esperança nas pessoas que visitam a Matoca e nas que acompanham nossos conteúdos nas redes sociais, agregando os moradores do entorno nesses processos”, diz Vivi Noda, responsável pela comunicação da Matoca.

“Florestas nos trazem água, biodiversidade, conforto térmico, comida e até trabalho e renda!”

– Vivi Noda

A Matoca deseja oferecer teto, comida, trabalho, renda e afeto para os seus integrantes. “Somos plantadores, bioconstrutores, comunicadores, artistas, professores, aprendizes e muito mais! Nosso objetivo é preservar e regenerar nosso entorno, mas também reflorestar o imaginário das pessoas, mostrando que é possível viver de forma agroecológica”, diz Vivi.

Financiamento coletivo “turbinado”

O modelo de financiamento coletivo escolhido no site Benfeitoria, vai triplicar o valor arrecadado, ou seja, para cada R$ 1 investido na regeneração da área, o Fundo vai investir mais R$2.

O tipo de apoio é chamado “tudo ou nada”. Caso o projeto seja bem sucedido e atinja 100% ou mais da meta estipulada na campanha, a Matoca vai receber o dinheiro arrecadado e entregar as recompensas aos seus apoiadores. Caso a campanha não atinja a meta, o seu dinheiro é devolvido.

Clique aqui para participar e conferir todas as recompensas oferecidas.

- Publicidade -