Doutores da Alegria
- Publicidade -

Os oito hospitais públicos de São Paulo atendidos pela associação Doutores da Alegria farão a celebração da semana de São João com intervenções temáticas e, em alguns, com o retorno presencial do cortejo junino de São Joãozinho, após dois anos de hiato em virtude da pandemia.

Entre os dias 20 e 23 de junho, os besteirologistas percorrerão o Hospital Santa Marcelina, Hospital do Campo Limpo, Hospital do Mandaqui, Hospital do M’Boi Mirim, ITACI, ICR – Instituto da Criança, Hospital do Grajaú e Hospital Universitário da USP.

Doutores da Alegria são joão

Apresentando-se pelas alas e áreas comuns dos hospitais em duos, trios, quartetos e até sextetos, os artistas entoam músicas juninas e composições autorais, aproximando pacientes, acompanhantes e profissionais de saúde em torno dos tradicionais festejos e brincadeiras da época.

- Publicidade -

As intervenções artísticas seguirão os atuais protocolos recomendados para prevenção à Covid-19 e serão adaptadas de acordo com a orientação de cada unidade de saúde. Todas terão início às 10h.

São Joãozinho

Doutores da Alegria

O São Joãozinho surgiu em 2011, na sede pernambucana da associação, no Recife, onde a tradição do forró de São João é bastante presente. A partir do ano seguinte, passou também a ser realizado em São Paulo e no Rio de Janeiro, por meio do projeto Plateias Hospitalares, com a realização do cortejo junino pelos grupos artísticos que atuam nas unidades de saúde cariocas a partir de seleção e curadoria dos Doutores da Alegria.

Doutores da Alegria

Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que introduziu a arte do palhaço no universo da saúde, intervindo junto a crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos. Fundada em 1991 por Wellington Nogueira, transita pelos campos da saúde, da cultura e da assistência social e reforça a cultura como um direito de todos.

Doutores da Alegria

Desenvolve o Programa de Palhaços em 12 hospitais de São Paulo e Recife. No Rio de Janeiro, com o projeto Plateias Hospitalares, mantém uma programação artística permanente e diversa em sete hospitais. A Escola Doutores da Alegria traz formações diversas para o público em geral e para artistas e, entre suas iniciativas, se destaca o Programa de Formação de Palhaço para Jovens.

Como ajudar na manutenção da associação Doutores da Alegria?

Doutores da Alegria

O trabalho da associação Doutores da Alegria, gratuito para os hospitais, é mantido por doações de empresas e de pessoas físicas, tanto por recursos próprios quanto por recursos advindos por meio das leis de incentivo fiscal. Os recursos das contribuições permitem a continuidade e a expansão das atividades e da estrutura do grupo, a realização de atividades de formação, oficinas e o aprimoramento técnico dos artistas. Para contribuir com a manutenção do trabalho, basta acessar o site ou pelo Facebook.

Programação de 20 a 23 de junho nos hospitais:

20 de junho

Inst. De Tratamento do Câncer Infantil (ITACI) – R. Galeno de Almeida, 148 – Pinheiros

Instituto da Criança – ICr – Av. Dr. Enéas C. de Aguiar, 647 – Cerqueira César.

21 de junho

Hospital Santa Marcelina – R. Santa Marcelina, 177 – Itaquera (SP).

Hospital do Campo Limpo – Estrada de Itapecerica, 1661 – Campo Limpo (SP)

22 de junho

Hospital do Mandaqui – R. Voluntários da Pátria, 4301 – Santana.

Hospital Municipal do M’Boi Mirim – Estrada do M’Boi Mirim, 5203 – Jardim Ângela

23 de junho

Hospital Geral do Grajaú – R. Francisco Octávio Pacca, 180 – Pq. Das Nações.

Hospital Universitário da FMUSP – Av. Prof. Lineu Prestes, 2565 – Butantã.

Doutores da Alegria

LEIA MAIS:

- Publicidade -