Quem nunca se sentiu bem menos estressado ao entrar em contato com a natureza? Isso não é da sua cabeça, pois pesquisas comprovam que este contato é extremamente benéfico para a sua saúde física e mental.

Os japoneses sabendo disso criaram a técnica “Banho de Floresta”, onde comprovam os benefícios gerados durante um período de contemplação na natureza.

Diante da importância de difundirmos a necessidade de aumentarmos nossa conexão com a natureza nos centros urbanos, foi criado o Banho de Parque, baseado nessa técnica japonesa e aliado aos conceitos da Ecologia Profunda.

Quais são as melhoras no corpo com a prática?

Redução de batimentos cardíacos, da pressão arterial, da atividade do nervo simpático e melhoria da atividade do nervo parassimpático, melhora o humor, aumento nos níveis de energia e disposição, aceleração dos processos de recuperação de doenças, clareza mental e melhora na capacidade de focar, aumento da atividade das células de defesa do organismo.

Todos que já passaram pelo Banho de Parque aprovaram essa atividade e se mostraram bem mais calmos e equilibrados. Essa atividade será formada por 2 partes:

  • Parte teórica: sobre o benefício das árvores e sobre o Banho de Floresta;
  • Parte prática: Banho de Parque no Viveiro Manequinho Lopes

Facilitação

Érica Regina de Sena Silva: Bióloga, Gestora Ambiental e Diretora da UMAPAZ -4;

Maria Elizabeth Bueno Vasconcellos: Psicóloga (FMU), Coordenadora de projetos de Educação Ambiental.

Coordenação

Érica Regina de Sena Silva

Quando/Onde

Público: Geral

Vagas: 20

Dia(s): 31 de janeiro de 2019

Horário: 10h às 11h30

Local: Sede da UMAPAZ – Parque Ibirapuera.

Endereço: Av. Quarto Centenário, 1268.

Pedestres: Portão 7A.

Estacionamento: Portão 7 da Av. República do Líbano (Zona Azul).

Inscrições aqui.