café da margem rio pinheiros
Foto: Divulgação | Café da Margem
- Publicidade -

Um espaço sustentável que unirá lazer, promoção da economia circular, conscientização sustentável e aproximação entre a sociedade e o Rio Pinheiros. Esta é a ideia por trás do Café da Margem, aberto oficialmente no sábado, dia 12 de dezembro de 2020.

Construído com 100% de materiais reutilizáveis, o espaço pretende inspirar as pessoas, ensinando como todos podem fazer sua parte para cuidar do meio ambiente e fazendo entender como é possível melhorar ecossistemas locais, ajudando pequenos produtores e com zero geração de resíduos.

“É um café conceitual que está integrado à cidade de São Paulo. Será um ponto de encontro com atividades culturais de educação ambiental onde as pessoas poderão retomar a convivência com o rio, com suas virtudes e defeitos, e refletir sobre a necessidade de agirmos juntos para melhoria dos espaços públicos, da cidade em que vivemos”, ressalta Ricardo Assumpção, especialista em liderança sustentável e CEO da Grape Global ESG, iniciativa que reúne profissionais, acadêmicos, artistas e empresários em ações de impacto Ambiental, Social e Governança (sigla ESG em inglês).

- Publicidade -
Foto: Divulgação | Café da Margem

“Queremos não apenas que as pessoas se engajem, mas também que empresas saibam como criar valor se apropriando da sustentabilidade como estratégia e assim elevando seus índices ESG.”

Ricardo Assumpção, especialista em liderança sustentável

Os produtos comercializados no café são 100% naturais ou tem sua cadeia de valor monitorada da produção ao consumo. Entre as ações culturais e educacionais estão previstas exposições sobre os córregos paulistas, oficinas de educação ambiental e apresentações de música em parceria com a ONG Associação Praticatatum.

Café da Margem

Atualmente são três cafés, sendo um na Estação Ambiental do Zavuvus, localizado na Praça Camafeu, em Interlagos, e 2 cafés na ciclovia da Marginal Pinheiros, em parceria com a Farah Services e patrocínio da Sabesp e do Supermercado DIA.

O Café da Margem aceita cartões de débito e crédito e vai funcionar de quarta a sexta, das 7h às 14h, e nos sábados, domingos e feriados, das 7h às 17h. Todas as medidas de prevenção à COVID-19 estão sendo seguidas.

Despoluição do Rio Pinheiros

Com investimento total estimado em R$ 1,7 bilhão, as obras que a Sabesp já está executando vão conectar 533 mil imóveis à rede e levar o esgoto para tratamento, beneficiando com mais saúde e qualidade de vida 3,3 milhões de pessoas que moram em locais abrangidos pela bacia do rio Pinheiros em São Paulo, Embu das Artes e Taboão da Serra. Até o momento, já são mais de 76,6 mil imóveis conectados à rede coletora de esgoto, que correspondem a 230 mil pessoas.

As obras da Sabesp no Novo Rio Pinheiros são parte complementar do Projeto Tietê, o maior programa de saneamento ambiental do país e que desde que foi iniciado em 1992 já levou coleta e tratamento de esgoto a mais de 11 milhões de pessoas na RMSP. Isso contribui para melhoria do meio ambiente e saúde da população.

- Publicidade -