como fazer horta comunitária
Foto: Arlei Santos

No CicloVivo já publicamos muitas matérias sobre as hortas comunitárias e seus benefícios. Tem horta comunitária que recebeu o apoio do poder público para nascer, tem aquelas que começaram com líderes comunitários ou vizinhos. Seja como for, estes espaços trazem muitos benefícios, desde a segurança alimentar até o fortalecimento de laços sociais.

Mas como criar uma horta comunitária? Quem manda o passo a passo é o Arlei dos Santos, conhecido pelo projeto Mestre dos Matos.

Para ele, as pessoas estão entendendo cada vez mais a necessidade de interagir com o mundo de uma maneira mais sustentável, estabelecendo uma relação mais positiva com o meio ambiente e com a sociedade.

“Isso se acentuou durante este período de isolamento social, onde vemos crescer o interesse pelo cultivo do próprio alimento, novos padrões de consumo e valorização das interações humanas”, explica Arlei. “Este cenário favorece a implantação de hortas comunitárias, uma maneira de atender todos estes anseios e necessidades”.

Veja quais são os 5 passos para a formação de uma horta comunitária, segundo Arlei.

Conecte-se  com as pessoas

Para quem quer começar ou fazer parte de uma horta comunitária,  a internet e, mais especificamente as mídias sociais, podem ser uma ótima ferramenta na busca por informações de onde ir, a quem recorrer e com quem se “conectar”.

Uma pesquisa preliminar em buscadores na internet sobre “hortas comunitárias” na sua cidade pode verificar se já existe alguma coisa em andamento.

Nas mídias sociais, você pode participar de grupos de horticultura trocar informações e conhecimentos. Pode ainda promover e  divulgar eventos para fins de formação de horta comunitária  e convidar pessoas da sua “rede”, aquelas com quem você tem contato, para começar a debater a ideia de formação de uma horta comunitária.

Além disso, é possível ainda chamar pessoas do bairro, aquele tio/tia da roça para conversas em um grupo do WhatsApp  formado exclusivamente para juntar interessados na ideia de horta comunitária.

Busque o local para a horta

São muitos os caminhos e desafios para conseguir a utilização de um espaço público para a formação de uma horta comunitária. Mas aqui vão algumas  dicas:

– Procure em seu município informações de qual secretaria o assunto pode criar  interesse pelo poder público. Pode ser a Secretaria de Assistência Social, a Secretaria de agricultura por exemplo.

– Procure também entidades, associações ONG´s  que tenham previsão de projetos  voltados  a segurança alimentar, ou ainda, a proteção ao meio ambiente.

O importante é começar a criar uma conexão com todo mundo que tem interesse e assim alavancar a ideia. Isso deve direcionar para possibilidades de uso de APP de forma regulamentar, uso de áreas em Parcerias Públicas Privadas ou, ainda, projetos de leis específicas para a criação de Programas de Hortas Urbanas na sua cidade.

Iniciando os trabalhos

Com um grupo de pessoas engajadas e comprometidas com a ideia de Horta Comunitária  e, ainda, com o local da implementação da horta delimitado e definido é hora de aprofundar em questões como recursos financeiros para implementação do espaço, cursos e capacitações e horticultura e organização do grupo.

Nesse momento é interessante que todos os envolvidos no processo tenham bem definido que o propósito é a horticultura , que o trabalho é voluntário  e que  a utilização do  espaço é coletiva.

Mão na Massa!

Essa é a etapa mais gostosa!  O momento em que você vai colocar a semente  na terra e ver ela germinar, crescer até que venha a colheita.

Cuidados constantes

Para que uma Horta Comunitária tenha sucesso em seu desenvolvimento após a implementação e o plantio, são necessários cuidados constantes.

Uma boa  horta comunitária  passa pelo cuidado do espaço, e também pelo cuidado entre as pessoas envolvidas. Pessoas motivadas,  trabalham mais engajadas. As relações, assim com as plantas tem que ser bem cultivadas. A horta comunitária é um excelente espaço para a prática da empatia, do diálogo e das interações. Para colher bons frutos em uma horta comunitária primeiro é necessário cultivar a solidariedade.

Implantação em Araraquara

Arlei participou do projeto de implantação de uma horta comunitária em Araraquara, interior de São Paulo. Graças a uma parceria com a Prefeitura, uma área de 1000m² se transformou em uma Horta Comunitária Urbana em 30 dias.

Confira as fotos de alguns dos momentos desta implantação:

Todas as imagens desta matéria foram enviadas por Arlei dos Santos.