Desde o início do mês, a praça que fica entre a Avenida Hélio Pelegrino e a Rua Nova Cidade, na Vila Olímpia, bairro da zona de São Paulo, foi inaugurado um espaço que disponibiliza uma torre de manutenção para bicicletas, que funciona como uma oficina mecânica self-service para bikes, calibrador, paraciclo e vaporizador.

Os ciclistas podem desfrutar destes benefícios gratuitamente. O espaço estará aberto diariamente e aos finais de semana – período que o número de ciclistas aumenta consideravelmente – funcionará a “Oficina de Serviços”. Além disso, nos domingos de novembro, os ciclistas podem participar de aulas de manutenção e segurança no trânsito.

“Faremos um período de testes justamente para entender as necessidades dos ciclistas, porém nosso objetivo é disponibilizar, em pouco tempo, este serviço para todos os dias da semana”, explica Alexandre Frankel, idealizador da Praça da Reinvenção/Bike Point.

Em apenas duas semanas, mais de três mil pessoas já passaram pelo local, sendo que mais de 80% utilizaram, pelo menos, um dos serviços disponíveis. O restante aproveitou para descansar no espaço de lazer, para depois retomar à pedalada.

Os serviços da praça permanecerão por tempo indeterminado. “Queremos fazer outras praças deste tipo em São Paulo, além de incentivar a implementação dos Parklets”, afirma Frankel. 


Divulgação

Parklet temporário

Para aqueles que não conhecem os parklets – “zona verdes” que substituem duas vagas para carros -, poderão conferir na Rua Padre João Manuel, altura da Avenida Paulista, a nova intervenção urbana.

Originário da cidade norte-americana de São Francisco, os parklets já fazem parte do cotidiano das pessoas, tanto que antes era feito apenas por iniciativas privadas e agora tem a participação da prefeitura.

Em São Paulo, o objetivo é criar até 40 parklets definitivos no próximo ano. “Para isso, precisamos ter o apoio da prefeitura nesta iniciativa”, relata Frankel. O parklet provisório ficará disponível até o dia oito de dezembro. Saiba mais aqui.


Divulgação

Bicicloteca nos Parklets

Livros serão distribuídos gratuitamente nos parklets nos seguintes dias: 12, 22 e 26 de novembro e três e cinco de dezembro.

A Bicicloteca, do Instituto Mobilidade Verde, é um triciclo com capacidade para 150 kg de livros e tem um padrão diferente das bibliotecas itinerantes convencionais, que emprestam livros. A ideia não é apenas emprestar, mas doá-los para outra pessoa após a leitura. O objetivo é formar leitores. Os livros serão carimbados para “lembrar” ao leitor de doá-los novamente, criando assim um ciclo de leitura permanente.

A Secretaria do Verde e Meio Ambiente apoia o projeto de forma Institucional e a Biblioteca Mário de Andrade apoia  por meio da cessão de espaço para a exposição e com a doação de livros.

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.