O ônibus que anda sobre os carros não é mais um meio de transporte futurista, sem previsão para se tornar realidade. Uma companhia chinesa já tirou a ideia do papel, fabricou o ônibus e ele já está em testes na província de Qinhuangdao, na China.

A primeira volta do Ônibus de Trânsito Elevado (TEB) aconteceu na última terça-feira (2). O veículo ainda não está rodando oficialmente pelas ruas chinesas. Por enquanto, os testes estão sendo feitos apenas em uma pista de 300 metros, construída nas proporções ideais para o tráfego de ônibus e carros ao mesmo tempo.

O protótipo do TEB foi apresentado em uma feira de tecnologias em maio deste ano. Menos de um mês depois, os desenvolvedores anunciaram que o veículo estaria pronto para rodar em agosto deste ano. A notícia não foi levada muito a sério na época, mas agora que se tornou real, a opção já tem sido vista como uma saída eficiente para melhorar as condições do transporte coletivo, independente dos congestionamentos das grandes cidades.

TEB

No entanto, até que o TEB realmente tenha condições de operar a pleno funcionamento, muitas mudanças estruturais ainda devem ser feitas. O ônibus possui 22 metros de comprimento, 7,8 metros de largura e está a 4,8 metros do chão. Isso permite que ele passe por cima de duas faixas de carro, mas, para que isso aconteça, as ruas precisam receber trilhos, semelhantes ao que era usado nos antigos bondes, e as paradas para os pedestres também precisam ser construídas na mesma altura em que o ônibus roda. Esses são os primeiros desafios estruturais.

TEB2

Mesmo que muitas mudanças precisem ser feitas e que, possivelmente, nem todas as ruas suportarão a passagem do TEB, essa é uma opção que, segundo os criadores, custaria até cinco vezes menos do que a construção de linhas de metrô, por exemplo, apesar de ser um sistema de alta capacidade, que pode transportar até 1.200 pessoas.

Foto: New China
Foto: New China

Veja no vídeo abaixo o primeiro teste feito com o TEB: 

Redação CicloVivo