A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que, a cada hora, um motorista é multado por desrespeitar ciclistas na cidade de São Paulo. O levantamento foi elaborado a partir de um programa de proteção a quem anda de bike na cidade, que teve início em 2012 e registrou quase nove mil autuações até março deste ano.

As penalidades aplicadas a cada hora são baseadas no Código Brasileiro de Trânsito (CTB), em artigos que asseguram o compartilhamento consciente das vias públicas. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a maior parte das infrações é entregue a quem dirige sem prestar atenção e sem tomar cuidados de segurança, seguido pelos motoristas que deslocam os carros à direita no momento de manobra e por quem não reduz a velocidade antes de ultrapassar um ciclista.

De 2012 até março deste ano, foram contabilizadas 8.844 notificações, entregues para os motoristas que colocaram os ciclistas em situações de risco, mas a penalidade aplicada a quem interfere diretamente e mais gravemente na segurança das pessoas que andam de bike não foi a mais comum. Segundo o levantamento, foram registradas apenas 19 multas para os motoristas que ameaçaram a vida dos ciclistas.

Na semana passada, a CET divulgou um balanço com as mortes no trânsito do primeiro bimestre de 2013. No documento, constam quatro mortes de ciclistas por atropelamento em janeiro e fevereiro deste ano, média inferior à do ano passado, quando quatro ciclistas foram mortos por atropelamento a cada trinta dias.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.