Já está marcada a 9ª edição da “Pedalada pelada” na cidade de São Paulo. O evento que busca chamar atenção para a fragilidade do ciclista em meio ao trânsito da capital será realizado no primeiro sábado de março, dia 5.

“Tire o tanto de roupa que seu calor permitir”. “Atentado ao pudor é um corpo estirado no chão”. Estes são os lemas principais do evento organizado mundialmente pelo World Naked Bike Ride. A versão paulista, já conta com mais mil pessoas confirmadas no evento do Facebook – veja aqui.

Apesar da nudez não ser obrigatória no passeio, a ideia é ir com o menor número de peças possíveis. Inclusive os jornalistas que cobrem o evento também são recomendados a comparecerem a rigor. Caso o participante não se sinta à vontade, os trajes de banho são opções de vestimenta.

Ao reunir uma multidão de ciclistas pelados e seminus, a Pedalada Pelada também propõe discussões sobre a cultura do automóvel, alerta sobre os perigos do aquecimento global e estimula as pessoas a fortalecerem a política da bicicleta no espaço urbano. Para saber como foram as outras edições, acesse aqui.

A 9ª edição acontece no sábado (5), sendo a concentração a partir das 18h na Praça do Ciclista (localizada entre a Avenida Paulista e Avenida Consolação) e a saída às 20h.

Redação CicloVivo