Encontrar soluções eficientes para a mobilidade urbana não é simples. Não pela falta de ideias dos planejadores urbanos e sim pela carência de bons exemplos aplicados nas cidades. Mas, há exceções e uma delas está sendo testada agora em Rock Hill, cidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos. Por lá, os residentes ganharam ônibus elétricos, equipados com wi-fi e totalmente gratuitos. 

Alimentados por baterias elétricas, os veículos são mais silenciosos e livres de emissões poluentes. São também acessíveis, com rampas para cadeiras de rodas, sistema de aviso automático de voz e sinalização de rota e destino. Os ônibus ainda têm acesso livre a wi-fi e pontos para carregar dispositivos eletrônicos: o que não falta é estímulo para a população priorizar o transporte público. 

Por meio do programa “My Ride Rock Hill”, os veículos inaugurados pelo prefeito, John Gettys, vão percorrer quatro rotas fixas na cidade. Os modelos de ônibus são da empresa Proterra e já são usados em outras cidades dos Estados Unidos. 

Apesar de parecer irreal, a demanda por “passe livre” no transporte público existe em várias partes do mundo, inclusive no Brasil. Algumas cidades já implantaram a iniciativa.

Leia também:

Ônibus elétrico bate recorde fazendo 1.772 km com apenas uma carga

Paris terá passe livre para crianças e desconto para estudantes

Cidade troca lixo plástico por passe livre na Indonésia

Chineses trocam garrafas PET por passe livre em metrô de Pequim