Uma rodovia exclusiva para ciclistas, com 60 quilômetros de extensão, será construída em uma das regiões de tráfego mais intenso da Alemanha, que liga Dortmund a Duisburg, dois importantes centros industriais do país europeu. O projeto foi intitulado Radler B-1 e será implantado não só como alternativa de aliviar o trânsito no local, mas também como ferramenta de mitigação de gases poluentes na atmosfera.

A autoestrada construída para os ciclistas alemães deverá ser implantada paralelamente a um dos trechos mais movimentados da A40, uma das principais rodovias do país europeu. O objetivo é diminuir o alto índice de congestionamentos na pista, incentivando os habitantes a adotarem as bicicletas como principal meio de transporte até chegarem a seus locais de trabalho.

De acordo com o ministro Harry Voigtsberger, os custos do projeto ainda estão sendo estudados, mas a implantação da rodovia exclusiva para ciclistas deverá revolucionar o plano de transportes da Alemanha. Além disso, de acordo com o site Gizmodo, a previsão é que as obras estejam concluídas em 2021.

Além das pistas asfaltadas nos dois sentidos, a infraestrutura vai contar com um sistema de iluminação pública e uma barreira de proteção aos ciclistas. A Radler B-1 também não possuirá cruzamentos, a fim de aumentar a segurança de quem andar de bike na rodovia exclusiva.

Desde 2010, a rodovia A40 vem se transformando em área de lazer aos finais de semana. Segundo a agência de notícias alemã Deutsche Welle, o local fica aberto aos domingos para pedestres, e recebe diversos eventos esportivos e culturais, como campeonatos de ciclismo e apresentações musicais.

Por Gabriel Felix – Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.