Geladeira subterrânea usa isolamento do solo para manter alimentos
Foto: Groundfridge
- Publicidade -

O Studio Floris Schoonderbeek projetou um refrigerador que usa o isolamento natural do solo como sistema de resfriamento. Dessa forma é possível armazenar e conservar de forma mais sustentável alimentos e vinhos. Chamado de Groundfridge, o equipamento foi desenvolvido a partir de conceitos primitivos, mas que solucionam um problema bem atual que é a necessidade de reduzir o impacto ambiental e os custos com energia elétrica.

O refrigerador usa a temperatura e isolamento térmico da própria terra para manter os alimentos frescos durante todo o ano. Para isso, ele precisa ficar semi-enterrado e coberto por cerca de 1 metro de terra ou areia. Apenas a abertura principal fica visível na superfície.

- Publicidade -

Na sua versão mais atual, o equipamento conta também com um sistema de circulação de ar alimentado por bateria que oferece aos usuários a opção de definir horários de ventilação ao longo do dia, dependendo das necessidades específicas de temperatura.

Cada Groundfridge é equipado com prateleiras de madeira que podem abrigar organizadamente até 500 quilos de alimentos, uma solução interessante para quem precisa armazenar vegetais de hortas e colheitas, por exemplo, como raízes, batatas, tomates, berinjelas, cebolas, abóboras e repolhos.

O Groundfridge pode reduzir os gastos com energia e também garantir a refrigeração em locais onde as redes de distribuição de eletricidade ainda não chegaram.

Para picos de temperatura ou áreas com temperaturas médias mais altas, é possível solicitar um refrigerador ativo adicional que circula e resfria o ar dentro da câmara. O sistema pode ser conectado a painéis solares que também são oferecidos pela empresa que desenvolveu o Groundfridge – dessa forma o refrigerador continua a funcionar sem depender de acesso à rede elétrica.

Outra tecnologia simples para manter alimentos frescos é a geladeira de argila desenvolvida por uma empresa mexicana.

- Publicidade -