As fortes chuvas em Belo Horizonte e São Paulo trouxeram à tona a grande problemática das enchentes que afeta não só essa região, mas outras cidades também. São Paulo está sentindo os prejuízos da chegada das chuvas.

O desafio é diminuir a impermeabilização nas cidades para melhorar a drenagem urbana. Isso significa aumentar áreas verdes nos diversos tipos de construções.

“A falta de áreas verdes reduz a capacidade de o solo absorver a água da chuva. Por isso, as construções precisam reservar áreas sem concreto deixando parte do lote permeável. Além disso, é fundamental armazenar água da chuva”, explica o engenheiro agrônomo João Manuel Feijó, diretor da Ecotelhado, empresa especialista em infraestrutura verde e design biofílico.

Feijó lembra que a necessidade de repensar a drenagem urbana não é algo novo. “Em 1992, a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro, aprovou um documento com compromissos denominando a Agenda 21. Em teoria, as prefeituras deveriam estar comprometidas com ações para ampliar áreas verdes e captar água para reduzir as enchentes há muito tempo”.

Segundo ele, para conciliar natureza com a falta de espaço nas cidades,  uma alternativa é ampliar a instalação de jardins e  telhados verdes com cisternas para amortecer e captar água da chuva.

“No sistema convencional, a água escoa sobre telhas e vai direto para as ruas. Já com a cobertura verde, ela é recolhida e utilizada para a irrigação do próprio telhado e outros fins não potáveis, como jardinagem. O poder público pode ampliar os incentivos, como reduzir o IPTU, a quem investir em sistemas verdes como esse”, acrescenta.

Benefícios dos telhados verdes

As vantagens de instalar em cobertura de casas e prédios são temperaturas mais amenas no verão e no inverno, isolamento acústico, conforto térmico e, consequentemente, economia de energia, redução das ilhas de calor nos centros urbanos e reaproveitamento de água. A cobertura verde também a aumenta a biodiversidade na cidade, reduz a poluição e proporciona bem-estar.

Como funciona o telhado verde com bacia de amortecimento

A água é retida através de uma estrutura colocada abaixo da vegetação formando uma bacia superior colocada sobre a laje. Assim, o excesso de chuva infiltra para a bacia de amortecimento e, lentamente, a água passa pelo tubo inferior de menor diâmetro. Além disso, quando a intensidade da chuva aumenta, a água passa a escoar também pelo tubo superior.

Imagem: Ecotelhado