Sistema inspirado na permacultura ajuda a construir casas mais sustentáveis

Solução usa material reciclado e vegetação para dividir casas ou ambientes

permacultura construção

A construção sustentável aproveita ao máximo os recursos e prioriza a baixa produção de resíduos. Uma casa sustentável escolhe materiais ecologicamente corretos, reduz desperdício de água e energia, por meio de sistemas de reuso e energia limpa, e está em sintonia com a natureza para garantir a qualidade de vida hoje e no futuro.

Com estratégias para tornar as cidades sustentáveis e resilientes, as tecnologias verdes oferecem alternativas e contribuem de forma significativa para a pontuação em certificações, como Leed, do Green Building Council Brasil. Uma novidade para este mercado em ascensão é o Sistema Construtivo da Ecotelhado, empresa que pesquisa e desenvolve soluções para a infraestrutura verde e design biofílico.

Segundo o engenheiro agrônomo João Manuel Feijó, da Ecotelhado, o lançamento inédito usa material reciclado e vegetação para dividir casas ou ambientes. Diferente do jardim vertical que é instalado em uma parede pronta, o Sistema Construtivo é o próprio muro verde.

Muros verdes

Com largura de 10cm ou 15 cm, uma espécie de grelha plástica é montada com argila expandida, terra ou outro substrato mais fértil. Na parte externa da estrutura, há espaço destinado às plantas, como boldo, asparguinho ou outras ervas aromáticas, e suas raízes se comunicam internamente.

A manutenção é simples e garantida com irrigação de reuso de água. A vegetação pode ser colocada apenas em um lado ou nos dois.

“O sistema pode funcionar como muro ecologicamente correto e estruturar paredes vegetadas de casas inteiras.  Podemos compor o sistema de alvenaria tradicional, steel frame e wood frame. A inovação vai permitir integrar ainda outros sistemas, como telhados verdes com bacia de detenção de água da chuva e tratamento de efluentes”, explica o engenheiro agrônomo.

Benefícios

Feijó destaca que o conforto térmico é uma das vantagens dessa estrutura. Em dias quentes, reduz a temperatura interna e, consequentemente, diminui o uso de ar condicionado ou ventilador. Em dias frios, mantém a temperatura mais agradável do lado de dentro.  Além disso, atua como isolante acústico, minimizando os incômodos e barulhos entre vizinhos.

“O Sistema Construtivo Ecotelhado foi inspirado em permacultura, que é a possibilidade de criar sistemas permanentes e formas de cultivo que não se esgotam, evitar desperdício e trabalhar com a natureza e não contra ela. A nossa ideia é conectar novas tecnologias ao cotidiano, reconectar as pessoas à natureza, promover hábitos ecológicos para preservar e minimizar o impacto da construção nas futuras gerações”, ressalta o especialista.