A cidade de Roterdã, na Holanda, é a primeira do mundo a ter uma torre de purificação do ar. O sistema foi criado para ajudar a reduzir a poluição atmosférica local, colaborando para a melhoria na saúde e qualidade de vida dos habitantes da região em que ela está inserida.

A estrutura foi desenvolvida pelo Studio Roosegaarde e construída a partir de investimento arrecadado por financiamento coletivo. Apelidada de Smog Free Tower, a torre tem sete metros de altura e é equipado com um sistema de descontaminação à base de água.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

De acordo com o ArchDaily, a torre funciona com uma caldeira de água. O ar contaminado é coletado na parte superior, ela passa por um filtro e as paredes o liberam novamente no ambiente sem a contaminação. O sistema é capaz de reduzir em até 75% os níveis de poluição atmosférica local.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A ideia dos arquitetos é das continuidade ao projeto, instalando novas torres purificadoras para outras cidades do mundo, principalmente àquelas com altos níveis de poluição, como Pequim, na China, e Mumbai, na Índia.

Para a primeira torre, a verba foi arrecadada através de uma campanha de financiamento coletivo no site Kickstarter. O projeto foi tão bem aceito que, em apenas um mês, os criadores já tinham arrecadado mais do que o dobro do estimado, 50 mil euros.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A ideia agora é dar procedimento às pesquisas e desenvolvimento para criar sistemas mais eficientes e práticos, adequáveis para os mais diferentes locais e níveis de poluição.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Redação CicloVivo