Em comemoração à Semana do Planeta, um pavilhão feito com galões de água foi inaugurado nas Filipinas. A estrutura receberá uma exposição sobre energia renovável e também servirá para gerar a reflexão sobre os problemas gerados pelos resíduos sólidos.

O projeto foi elaborado pelo filipino Ilac Diaz, em parceria com o sul-africano Stephen Cordeiro, fundador da empresa Earth Lightly. O Solar Revolution Pavilion (Pavilhão Revolução Solar) foi erguido a partir do reaproveitamento de 1.600 galões plásticos. Isso resultou em um prédio de 200 metros quadrados com seis metros de altura.

Em declaração ao jornal britânico The Guardian, o ambientalista David de Rothschild lembrou que essa é uma forma de mostrar às pessoas que os resíduos podem ganhar outras funções, ao invés de serem simplesmente descartados. Em 2010, Rothschild viajou pelo Pacífico em uma embarcação feita de garrafas plásticas.

O pavilhão sustentável ainda conta com a utilização e apresentação das garrafas plásticas transformadas em lâmpadas solares. Esta técnica será replicada na exposição, com o intuito de melhorar a qualidade de vida dos filipinos que ainda não têm acesso à energia elétrica.

A exibição ainda contará com a apresentação de outras tecnologias sustentáveis disponíveis localmente. Um dos exemplos aplicado no evento é a hidroponia, técnica de cultivo de plantas na água. Com informações do The Guardian.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.