Especializada em produtos e soluções para a economia de água, a marca Deca, da empresa Duratex, dá o exemplo em suas fábricas ao realizar um conjunto de ações coordenadas para reduzir o consumo durante os processos produtivos.

Alinhada com os atuais movimentos pela preservação da água na região sudeste, desde março de 2014, as fábricas de metais sanitários da Deca reduziram em 53% o consumo mensal de água, representando uma significativa economia diária de 558m³ para 270m³ de água.

Modernizar o processo produtivo com novas tecnologias e novos equipamentos foi uma das medidas realizadas. Além disso, aumentaram a capacidade de reutilização da água no ciclo de produção, como por exemplo, na galvanoplastia – que hoje opera perfeitamente com mais de 70% de água de reuso – e na refrigeração de equipamentos.

Também foram intensificados a manutenção preditiva e preventiva em toda a sua planta e tratada a água de descarte – possibilitando seu uso nas descargas das bacias sanitárias em toda a unidade. Foi otimizada a estação de água de reuso por troca iônica e instalados metais e louças sanitárias com tecnologia de ponta.  


Foto: Divulgação

Ronaldo Ruas, Engenheiro responsável pela manutenção da fábrica, fala sobre a importância da equipe nas melhorias alcançadas. “O sucesso deste trabalho não está somente na detecção dos potenciais pontos de economia, mas no engajamento de toda equipe envolvida no propósito de redução do consumo de água”.

De acordo com Marco Antonio Milleo, diretor industrial da Deca, o fato das unidades fabris de São Paulo e Jundiaí reduzirem o consumo mensal de 17.300m³ de água para somente 8.430m³, comprova o engajamento da empresa. “A Deca sempre atuou em prol da sustentabilidade, defendendo ações efetivas para preservar esse recurso natural”.

Milleo ressalta ainda que o acompanhamento mensal de novas ideias apresentadas pelos colaboradores é essencial para a melhoria continua ao longo dos processos de produção. “Nossa intenção é justamente incentivar o pessoal a contribuir com soluções que possam ser implantadas nas nossas tarefas”.

Ao mês, a economia nas fábricas é de mais de 8,8 milhões de litros de água, agora, a ideia da companhia é desenvolver mais ações em todas as unidades espalhadas pelo país, além de continuar disseminando o pensamento coletivo sobre a importância da economia de água.

Mobilizando pessoas para a economia de água

A marca lançou no segundo semestre de 2013 o Deca | PROÁGUA, um programa de gestão eficiente da água nas edificações por meio de uma série de ações planejadas, aliadas a uma mudança de hábitos dos usuários.

Segundo Bruno Basile Antonaccio, diretor de desenvolvimento e marketing da Deca, as ações do programa dentro da própria unidade já está transformando a maneira de como as pessoas utilizam a água.


Foto: Divulgação

“O PROÁGUA busca, principalmente, a mobilização das pessoas em relação ao uso consciente da água. Em nossas fábricas foram instalados produtos economizadores, arejadores e restritores de vazão nos banheiros, vestiários e refeitórios”.

Antonaccio cita ainda a implantação do programa no MASP (confira aqui), que contribui para a redução de mais de 40% no consumo de água no local, além de patrocínios e apoios a eventos destinados à praticas sustentáveis, como o “Água, Arte e Sustentabilidade” – evento sociocultural que apresenta de maneira lúdica a importância da água para crianças entre 7 e 12 anos. 


Foto: Divulgação

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.