E se houvesse uma maneira rápida de espalhar bibliotecas pelas cidades? Mais do que nunca a troca de conhecimento se faz necessária e o projeto “Biblioteca Star Huaxia” na cidade chinesa Hebei pode ser uma inspiração. Trata-se de um edifício simples construído em uma semana a partir de painéis aglomerados pré-fabricados.

Já não é a primeira vez que falamos do exemplo desta cidade, que é próxima de Pequim. No início do ano, enquanto o Rio de Janeiro começava sua intervenção federal, a província de Hebei convocava 60 mil soldados para plantar árvores. Desta vez, o projeto é liderado pelo escritório Dot Architects e o mais bacana é que o plano de construção foi baseado na plataforma de arquitetura de código aberto WikiHouse. Ou seja, eles usaram estruturas simples que podem ser construídas de forma rápida.

Buscando trazer uma solução de baixo custo, ao mesmo tempo resistente e que não exigisse mão de obra qualificada, a unidade construída com ajuda de 43 voluntários é simples, mas pode ser aperfeiçoada -, incluindo mais vigas de madeira, por exemplo.

A ideia da “Biblioteca Star Huaxia” é fazer parte de uma escola com mil alunos, cujo único espaço anterior era uma sala de leitura de apenas 45 metros quadrados. Por fim, os funcionários da escola e alunos foram responsáveis ​​pela instalação de móveis e os livros foram doados pelo Banco Huaxia, que também financiou a obra. Além dos voluntários, o projeto teve à frente alunos do programa de MBA do banco.

Fotos: Wu Qingshan