- Publicidade -

Inspirado nas casas sustentáveis, o escritório de design e arquitetura “Nau”, que atua nos Estados Unidos e na Europa, elaborou um projeto ecologicamente correto. O Living Roof, como foi chamado, é um apartamento e escritório transportável, com a aparência de uma cápsula.

O apartamento, que possui 28 metros quadrados, pode ser carregado para qualquer superfície plana, até mesmo nos telhados de uma casa tradicional. Sua fundação é espiral e por isso não são necessárias escavações. Segundo a empresa, o projeto foi feito com a intenção de não agredir o meio ambiente.

Além de possuir um painel solar e turbinas eólicas que captam energia, a estrutura ainda conta com um sistema que armazena água da chuva e purifica-a para ser reaproveitada. O que chama atenção no designer do Living Roof é que ao simples toque de um botão o apartamento se transforma em um escritório.

- Publicidade -

Os criadores do apartamento acreditam que os projetos de casas transportáveis são uma boa dica para quem gosta de conhecer regiões como florestas, mas ao mesmo tempo quer conforto.

O escritório de arquitetura Specht Harpman, também embarcou na onda ecologicamente correta e criou uma casa transportável, com o conceito sustentável. Chamada de ZeroHouse, o apartamento tem janelas que controlam a temperatura, energia que provém de painéis solares (retém bateria para uma semana) e equipamentos que permitem o armazenamento da água da chuva. A casa possui seis cômodos, cozinha, sala de jantar, sala de estar, dois quartos, banheiro e uma varanda com 60 metros quadrados. Todo o sistema desta casa é controlado para que se consuma o mínimo de energia possível e todos os materiais são escolhidos por sua durabilidade.

O valor do investimento de uma estrutura como a ZeroHouse chega a 350 mil dólares, ou o equivalente a pouco mais de 500 mil reais, conforme informado no site do escritório. Com informações do PEGN e Exame.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -