- Publicidade -

A sustentabilidade pode estar ao alcance de todos e a prova disso é a história da Dona Jordânia Pereira da Silva. Ela descobriu, por acaso, uma forma de transformar madeiras, que iriam para o lixo, em móveis e portões.

Perto da casa onde a Dona Jordânia mora, em Barueri, eram queimados “pallets” usados para o transporte de cargas. Ao descobrir isso, ela não pensou duas vezes e resolveu dar outro destino ao material, ao invés de descartá-lo no ambiente. Assim começou a transformação da madeira velha em mobílias novas.

Com o trabalho de reutilização foi criada a Cooperativa de Marcenaria Unindo Forças, que teve o apoio da Fundação Alphaville e do Senai, que capacitou os cooperados a terem melhor aproveitamento no trabalho com a madeira.

- Publicidade -

Mesmo com o apoio, a cooperativa ainda não conseguia se manter financeiramente estabilizada. Para resolver esse problema entrou em ação a empresa Design Simples, que detectou que o que faltava, para que o trabalho desse certo, era a criação de produtos novos e melhores, que conquistassem o público.

Para alcançar esse objetivo, a empresa mobilizou 20 voluntários, entre eles estudantes de design, para ajudaram no desenvolvimento de novos produtos. A união da cooperativa com a Design Simples gerou o Projeto Revale.

As primeiras peças já foram projetadas e até o dia 31 de julho estarão produzidas. A história da Dona Jordânia mostra que podemos praticar a sustentabilidade e começar a mudança por coisas simples que estão perto de nós.  Rafael Gatti, da Revale Design, lembra que todas as pessoas podem modificar o que as cercam e que esse projeto é um exemplo de sustentabilidade, tanto ambiental, quanto social.

Para saber mais sobre o Projeto Revale e conhecer os produtos acesse:  www.designsimples.com.br/revale

- Publicidade -