Inicio Desenvolvimento Para reduzir emissões, Canadá planeja fechar todas as usinas de carvão

Desenvolvimento

Para reduzir emissões, Canadá planeja fechar todas as usinas de carvão

A medida deve ajudar a reduzir as emissões anuais do país em 61 megatoneladas.

24 de novembro de 2016 • Atualizado às 10 : 12
Para reduzir emissões, Canadá planeja fechar todas as usinas de carvão

A mudança também deve modificar drasticamente a economia canadense. | Foto: iStock by Getty Images

559
0

O compromisso global do Canadá é de reduzir suas emissões de gases de efeito estufa em 30% até 2030, comparado ao que era emitido em 2005. Para alcançar este objetivo, o governo já havia anunciado medidas no setor energético. A principal medida para isso é fechar as usinas de carvão, uma fonte importante para o país.

Apesar de já ser uma proposta antiga, inicialmente o prazo para o fechamento das usinas era até 2040. No entanto, nesta semana a ministra do Meio Ambiente, Catherine McKenna, anunciou que o Canadá deve cumprir a medida dez anos antes do planejado.

De acordo com a imprensa local, o fechamento das usinas de carvão deve ajudar a reduzir as emissões anuais em 61 megatoneladas. Assim, o país deverá contar com outras fontes para suprir a demanda. As renováveis devem ter prioridade, mas os canadenses também devem continuar com investimentos em energia nuclear.

A mudança não trará apenas influência no impacto ambiental do setor de energia, mas também deve modificar drasticamente a economia canadense, já que as usinas de carvão, como uma das principais fontes atuais, é responsável por muitos empregos e por segurar a economia em diversos estados.

Para impedir que o impacto econômico e social seja muito grande, o governo tem desenvolvido projetos para transformar as comunidades que dependiam do carvão em áreas úteis para a produção de energia renovável, gerando novas oportunidades de emprego e movimentando o capital.

Redação CicloVivo

(559)

logo
Fechar
Abrir
logo