horta empresas Noocity
Que tal aproveitar as pausas do trabalho para cuidar de uma horta na empresa? Foto: Afonso Sousa | Noocity

Não sabemos quando ou como vai ser a volta ao trabalho presencial. Muitas pessoas apostam em um misto de home-office e dias na empresa quando a pandemia acabar. Mas uma coisa é certa, a pausa para o café vai seguir fazendo parte da rotina.

É importante fazer pequenos intervalos durante as horas de trabalho, seja em casa ou no escritório. Mas, esta pausa pode incluir novos hábitos, não só o famoso cafezinho. Que tal largar o computador e ir colher ou cuidar de uma horta orgânica por um tempinho?

Horta instalada pela Noocity na área externa da Microsotf, em Lisboa. Foto: Afonso Sousa

Essa é a proposta da Noocity, uma startup portuguesa que está instalando hortas e promovendo o contato com a natureza na volta à rotina de trabalho. Muitas pessoas incluíram o cultivo de hortas e jardins durante o período de isolamento e o objetivo é manter este hábito.

Com sede na cidade do Porto, a empresa instala hortas urbanas em espaços externos das empresas e promove uma volta ao trabalho presencial com mais propósito: os funcionários podem passar suas horas de descanso e intervalos em contato com a terra.

As atividades fazem parte do programa “Liga-te à Terra” que, além de criar as hortas, promove atividades regulares em torno das mesmas, com ênfase na ecologia, nas relações humanas e qualidade de vida no trabalho.

“Com uma horta, as empresas contribuem para dinamizar a sua comunidade através de uma colaboração transversal, mas também a incentivar a criação de rotinas saudáveis no local de trabalho, com pausas que permitam às pessoas descontrair, reduzir o stress e fomentar relações com a equipe”, explica  José Ruivo, fundador e CEO da Noocity.

José Ruivo, CEO e fundador da Noocity.

A ideia vem fazendo sucesso e a Noocity já conta com 70 clientes em Portugal, entre eles grandes empresas como a Microsoft, a Natixis, a Farfetch, a Blip, e ainda restaurantes.

“A pandemia despertou as pessoas para uma nova mentalidade e para a necessidade de viverem uma vida mais consciente – e também mais ao ar livre. O futuro do trabalho será certamente mais flexível, onde os próprios espaços de convívio dentro das empresas se transformam e reinventam em prol do seu bem-estar – e as hortas serão um elemento fundamental de ligação e conexão com as nossas origens”, afirma José Ruivo.

“Acreditamos que, nas empresas do futuro, as pausas no trabalho serão à volta da horta e não só ao pé da máquina do café!”

José Ruivo, fundador e CEO da Noocity.