dia do brincar
Foto: Joice Kelly | Unsplash
- Publicidade -

Brincar é uma atividade recomendada para crianças de todas as idades. As ações realizadas na infância são tão importantes para o desenvolvimento que o ato de brincar ganhou um dia para ser comemorado. O “World Play Day” é conhecido como o Dia Internacional do Brincar, reconhecido pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), no Brasil e em mais de 40 países. A ideia é que pais, responsáveis e comunidade escolar promovam reflexões sobre o tema e estimulem as brincadeiras para crianças e – porque não – para os adultos também.

O brincar é uma maneira da criança expressar seus sentimentos e reconhecer o mundo a sua volta. “A brincadeira é uma linguagem da criança, é quando ela se expressa, socializa, imagina, cria e se conecta com o mundo. O desenvolvimento é consequência dessa atividade que é própria da cultura infantil”, revela Aline Paes de Barros, diretora do Marista Escola Social Robru.

O novo normal e o novo brincar

A pandemia da covid-19 impactou diretamente as crianças. Aulas no modelo híbrido, quebra do contato direto com familiares e amigos, pais em casa em home-office foram acontecimentos que desencadearam um novo modo de brincar. “O ambiente da casa é muito diferente do que as crianças costumam ter nas escolas, portanto a nova rotina interferiu na maneira das crianças e dos adultos se relacionarem. Estando com a família em casa, as famílias podem favorecer momentos de brincadeiras em conjunto ou buscar dentro das possibilidades proporcionar um ambiente seguro, acolhedor e divertido para as crianças”, reforça Aline.

- Publicidade -

A participação dos adultos também proporciona a troca de experiência da cultura do brincar ao longo do tempo, e a atividade, segundo a especialista, faz bem também para os adultos. “Em alguns momentos vinculamos o brincar com brinquedos, quando na verdade os itens são mais ferramentas do processo todo, os adultos podem ter uma participação efetiva na partilha de brincadeiras antigas, por exemplo, assim como na contação de histórias do seu tempo de criança. Todas essas atividades contribuem para o desenvolvimento dos pequenos, mas também para momentos de vínculo, e desenvolvimento da criatividade e imaginação dos adultos”, afirma Aline. 

A especialista dá dicas de atividades para toda a família celebrar o Dia Internacional do Brincar:

Criar e imaginar

Brincadeiras com a imaginação são essenciais para as crianças e transformam momentos simples em divertimento. Aproveitar caixas de papelão, tecidos, sapatos, papéis de rascunho, embalagens de leite e etc. Os itens de casa podem se tornar um mundo totalmente diferente para as crianças. 

De geração em geração

Foto: Itiel Adams | Unsplash

Muitas brincadeiras antigas permanecem ao longo do tempo porque são passadas entre as gerações, por isso, os pais e responsáveis podem transformar esse dia ensinando as atividades mais conhecidas da sua época.

“Vale aquela cantiga de roda que poucos conhecem, ou brincadeiras tradicionais que eram feitas quando criança, esse momento garante bem estar e diversão para todos os membros da família”, reforça Aline. 

Gincanas e desafios

Foto: Sigmund | Unsplash

É possível envolver toda família em um dia de brincadeiras, com um papel anotar o placar de cada atividade, transformando o dia em uma gincana, vale carregar o ovo na colher, assim como montar uma caixa desmontada, ou até um caça ao tesouro procurando itens da casa. 

Telas também podem ensinar novas brincadeiras

O excesso de telas deve ser evitado, mas é possível utilizar esse recurso com moderação de uma forma positiva. A internet proporciona conhecer e assistir tutoriais que são transformados em novas brincadeiras. Que tal criar seus próprios fantoches com tutoriais “faça você mesmo”?. 

Elementos da Natureza

crianças compartilham
Foto: Jelleke Vanooteghem | Unsplash

Inserir no cotidiano das crianças, mesmo que em casa, elementos que remetam à natureza, pode tornar a brincadeira mais criativa e ainda inserir um pouco de vida na rotina das crianças. Plantas, sementes, pedrinhas, folhas e terra podem ofertar ótimas possibilidades de brincadeiras em conjunto.

A criatividade das crianças permitirá tornar esses momentos únicos.

Leia também: Mês da consciência do brincar.

- Publicidade -