Na última segunda-feira (4), chegou ao fim o desafio da cantora e blogueira Alana Rox, que tinha o objetivo de mostrar que é possível obter uma semana de alimentação saudável e vegan com apenas R$50. A experiência foi toda registrada em suas redes sociais.

É possível seguir a dieta vegana sem ir à falência? Alana quis mostrar que sim. No primeiro dia ela foi às compras no supermercado e feira. Por sete dias consecutivos, ela foi postando as receitas dos pratos. A ideia inicial era apresentar as três refeições básicas, mas ao longo da semana também ensinou a elaborar lanches e doces com os alimentos adquiridos.

Da lista de alimentos, não foram contabilizados os temperos que ela cultiva em sua casa, como salsinha, cebolinha, manjericão, alecrim. Também não foram inclusos sal, azeite, vinagre e especiarias. Dentre os itens, três são orgânicos: tomate, maçã e couve. Ao total, ela gastou R$ 48,41 – a lista pode ser conferida aqui. Ao final, até ela ficou surpresa.

“A semana que postei minha alimentação com apenas R$50 foi uma delícia e sobrou comida. Descobri que posso gastar menos ainda se eu pesquisar mais. Até achei aqui um pacotinho de chia que comprei em algum lugar em março pela metade do valor que paguei semana passada. Se a gente quiser conforto, vai ter que pagar por ele”, afirmou a blogueira após o término da experiência.

Alana afirma que seu paladar sempre rejeitou carne, apesar de sua família nem sequer ser vegetariana. Mas, foi na adolescência que ela decidiu abolir de vez a proteína animal, optando pelo veganismo. “Cozinhar é mágico. Quando você conhece seu organismo e os alimentos, a vida muda. Não estou aqui pra dizer o que é certo ou errado, cada um tem seu momento, organismo e pensamento”, completa.

Quem deseja seguir uma alimentação mais saudável também não poderá dizer que é impossível comprar alimentos tão baratos porque mora em uma grande cidade. Isso porque, apesar de ter nascido em Santa Catarina, Alana mora na capital paulista. “Não moro num sítio (esse é um sonho), nem no meio do mato. Moro em São Paulo entre prédios e muros. Não tenho uma plantação, tenho uma micro horta de temperinhos na janela da cozinha do sétimo andar”, conta.

Toda a experiência foi relatada em seu perfil no Facebook e no Instagram. Além das redes sociais, Alana, que também é especializada em gastronomia funcional, mantém o blog The Veggie Voice, onde compartilha diversas receitas veganas.

Marcia Sousa – Redação CicloVivo 

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.