Além de evitar substâncias químicas e reduzir as emissões de carbono da indústria farmacêutica, quem aposta nos remédios naturais passa a compartilhar a sabedoria das gerações passadas, e ainda pode cultivar as ervas medicinais no quintal de casa.

O uso medicinal de plantas e alimentos faz parte da cultura brasileira há muitos anos, mesmo antes da colonização dos portugueses. Da terra, brotam verdadeiros remédios que podem ser usados para combater dores, mal estar, insônia e até mesmo aumentar a imunidade do corpo das pessoas de forma natural.

Além disso, é uma alternativa mais econômica para os bolsos dos brasileiros, em especial, pelo fato do governo ter liberado um reajuste no valor dos remédios, que já passa a valer a partir desta sexta-feira. Quem precisar ir à farmácia pode constatar um aumento de até 6,31%.

Por conta disso, o  CicloVivo listou uma série de plantas e alimentos fáceis de serem encontrados, e, até mesmo, plantados no quintal de casa, que podem ser a solução ideal para combater vários males:

Camomila, eficiente contra cólicas e desconforto intestinal
Calmante natural, a camomila também é responsável por melhorar cólicas e gases intestinais, uma vez que a erva relaxa as paredes do intestino, aliviando os espasmos nas paredes internas do órgão digestivo.

A erva também é um santo remédio para os bebês: um estudo realizado na Itália aponta que o chá de camomila diminuiu em 85% o tempo de choro das crianças que sofriam com as cólicas em fase de amamentação.

Boldo, remédio natural para enjoos e problemas no fígado
O boldo, cultivado em toda a América do Sul, é potente contra náuseas, dores de estômago e problemas no fígado. As folhas da planta têm gosto amargo e não devem ser utilizadas por gestantes. Geralmente, o boldo é usado para fazer chá, que também alivia calafrios e melhora os sintomas das infecções urinárias.

Gengibre, ideal para gripe e dor de garganta
Originário do Oriente, o gengibre se adaptou facilmente ao clima brasileiro e pode ser misturado à comida, mas tem sua ação potencializada no chá. O gengibre ajuda a descongestionar as vias respiratórias e tem poder anti-inflamatório, sendo muito indicado para aliviar dores de garganta.

Poejo, a erva de várias funções
O poejo é um remédio natural usado contra vários problemas: o chá das folhas que parecem com hortelã possui efeito expectorante, melhora a digestão e combate diarreias, principalmente aquelas que são originadas por infecções. Além disso, o poejo também pode ser queimado para afastar insetos e até mesmo matar piolhos.

Geralmente, a planta é cultivada em solos úmidos, e, no dia a dia, pode ser usada para eliminar o mau hálito. O poejo não deve ser consumido por gestantes, e o uso em excesso é sempre contra indicado. Com informações da Revista Pais e Filhos.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.