China pode proibir churrasco para melhorar poluição

A agência Xinhua informou nesta quinta-feira (21) que o governo da China pode proibir os churrascos nas regiões urbanas. O objetivo é reduzir a poluição atmosférica que cobre o país.

O anúncio da agência citou uma fonte do ministério do Meio Ambiente, que espalhou a informação para outros países do mundo. A possibilidade teve repercussão na rede social Weibo, o equivalente chinês do Twitter.

Desde o início do ano, o país sofre com índices recordes de poluição. No dia 13 de Janeiro, por exemplo, a cidade de Pequim, capital da China, amanheceu com o céu encoberto, após o governo emitir um alerta à população. A situação provocou dificuldades respiratórias e causou diversos transtornos na rotina da população.

Segundo o site Xinhua Net, um projeto do Ministério da Proteção Ambiental foi divulgado, no início deste mês, com a proposta de controlar os churrascos. O plano sugere que os próprios administradores das grandes cidades adotem medidas legais para proibir a prática e outras atividades relacionadas.

A ideia é também reduzir o consumo de energia no processo de cozimento, optando por técnicas de preparação de alimentos que produzem menos fumaça e menos poluição. O projeto também especifica algumas medidas a serem tomadas pelos setores industriais, agrícolas, incluindo melhor qualidade de óleo para carros e usos mais eficientes de energia. Com informações do G1 e Xinhua Net.

Redação CicloVivo