- Publicidade -

Cerca de 300 novas espécies da flora e fauna foram descobertas nas Filipinas por uma expedição realizada por cientistas estrangeiros e nacionais. 

Especialistas da Academia de Ciências da Califórnia e da Universidade das Filipinas estudaram a ilha Luzon durante 42 dias e descobriram novas espécies em recifes, florestas tropicais e no fundo do mar. 

As espécies encontradas incluem insetos, aranhas, répteis, anfíbios, peixes, corais, ouriços e plantas.

- Publicidade -

A expedição “Philippine Biodiversity Expedition 2011, que culminou, em junho, foi a primeira a fazer um levantamento exaustivo de todos os gêneros aquáticos e terrestres do país.

Depois de completar a missão internacional, botânicos, entomologistas e biólogos marinhos ajudaram a estabelecer uma avaliação da biodiversidade do país, a fim de contribuir para decisões de conservação e políticas futuras.

Eles também concluíram que os recifes de coral foram ameaçados por atividades econômicas insustentáveis, poluição, aumento das temperaturas e a acidificação dos oceanos.

                 Nova espécie de Nembrotha nudibranch, uma lesma do mar.

Esses moluscos coloridos não precisam de escudos para proteção – ao invés disso eles produzem toxinas poderosas para manter os predadores em potencial na baía.

            Nova espécie de Aeolidos nudibranch, ou lesma do mar, que produzem toxinas para afastar os predadores em potencial.

Confira na galeria acima outras espécies encontradas durante a expedição.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter 

- Publicidade -