Em parceria com a Brookfield Energia Renovável, o Litro de Luz instalou 20 postes movidos à energia solar na comunidade Jardim Gramacho, em Duque de Caxias (RJ), antigo maior lixão da América Latina. Os postes, instalados no último domingo (16), são feitos de canos PVC, garrafas PET, painéis solares e lâmpadas LED.

O trabalho foi feito por uma equipe de 43 pessoas: 21 voluntários do Litro de Luz de Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina, 7 voluntários convidados e 15 moradores de Jardim Gramacho, que participaram do processo aprendendo a montar, instalar e fazer a manutenção nos postes.

Sobre o Litro de Luz

Desde 2014, o Litro de Luz já impactou a vida de mais de dez mil brasileiros por meio de soluções ecológica e economicamente sustentáveis para combater a falta de iluminação nas cinco regiões do país.

Criado nas Filipinas, em 2011, o movimento global Liter of Light surgiu inspirado na solução que o mecânico brasileiro Alfredo Moser criou em 2002 para solucionar a falta de luz dentro de casa, composta por garrafas pet abastecidas com água e alvejante, que equivalem a uma lampada de 60 watts.

Atualmente, a organização está presente em mais de 21 países e já impactou a vida de milhões de pessoas, além de ter recebido importantes premiações como o World Habitat Awards, da ONU, e o Zayed Energy Prize, considerado o Prêmio Nobel de energia sustentável.