- Publicidade -

A maior usina solar da África do Sul já está em funcionamento. Construída nas proximidades de Kimberly, a estrutura começou a ser planejada em 2011 e agora está pronta para gerar energia limpa para abastecer 80 mil casas sul-africanas.

A construção, que começou em outubro de 2013, levou um ano para ser finalizada. De acordo com as informações oficiais da usina, a estrutura é capaz de produzir 180 mil megawatts/hora ao ano. Este montante é uma ajuda importante para que a África do Sul avance em suas metas de energia renovável.


Usina Jasper – Foto: Divulgação

- Publicidade -

O projeto, apelidado de Jasper, contou com investimentos locais e internacionais, que incluem a participação do Google. A vida operacional da fazenda solar é de 20 anos e durante este período, toda a energia produzida será ligada às redes de distribuição para ser entregue à população.

A usina Japer é a maior já instalada no país africano, mas não é a única. Em maio de 2014, a África do Sul já havia inaugurado outras duas fazendas solares. O projeto chamado de Lesedi, também foi instalado na região de Kimberley e produz 150 mil megawatts/hora ao ano, o suficiente para abastecer 65 mil residências.


Usina Lesedi – Foto: Divulgação

O terceiro projeto que já está em funcionamento em solo sul-africano é o Letsatsi, construído em Bloemfontein com as mesmas características do Lesedi. Os três projetos foram desenvolvidos pela companhia norte-americana SolarReserve, especializada em tecnologias e soluções em energia fotovoltaica.


Usina Letsatsi – Foto: Divulgação

Redação CicloVivo

- Publicidade -