O céu de Nova Iorque será tomado pelas bexigas do projeto “99 Red Balloons”, que vão gerar energia limpa para a cidade de maneira inusitada. A ação ainda não tem data marcada, mas os organizadores estimam que os balões especiais produzam eletricidade suficiente para abastecer 4.500 residências da cidade norte-americana.

Os balões vermelhos utilizados no projeto foram produzidos no Canadá, e, diferentemente das bexigas convencionais, são compostos por células solares orgânicas, que transformam a luz do sol em eletricidade. Quando as bexigas ficam carregadas com energia fotovoltaica, elas perdem a cor e já podem abastecer a demanda energética dos habitantes da cidade.

O plano é lançar 99 balões no céu de Nova Iorque, que ficarão presos por cabos de aço, parados, produzindo eletricidade para a população. A ideia é soltar as bexigas em cima do aterro sanitário Fresh Kills, desativado em 2001 por não conseguir mais comportar resíduos.

Um dos objetivos do projeto é mostrar o potencial das fontes de energia limpa, até mesmo as mais inusitadas, como as bexigas. Com a ação, os organizadores do projeto também pretendem chamar atenção das pessoas para a destinação correta dos resíduos, uma vez que o aterro sanitário Fresh Kills, de onde serão soltas as bexigas, já foi considerado o maior lixão do planeta. Com informações da Exame.com.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.