povos indígenas
Povos indígenas marcharam até o STF em junho, em protesto contra ameaças aos seus direitos. Foto: Tiago Miotto | Cimi
- Publicidade -

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) convoca lideranças indígenas interessadas em ocupar a política para fazerem seus cadastros na Campanha Indígena. A proposta é fortalecer indígenas com ações de acompanhamento e mentoria, capacitação e suporte àqueles que apresentem interesse, compromisso, e empenho em levar adiante a pauta da representatividade na política, assim como de defesa de direitos e dos territórios indígenas.

As inscrições estão disponíveis no site campanhaindigena.info.

“Vamos demarcar esses espaços de poder pela garantia de uma construção de sociedade mais plural e menos desigual.”

– Articulação dos Povos Indígenas do Brasil

- Publicidade -
eleições indígenas
Imagem: Reprodução | Apib

A chamada que tem como objetivo fortalecer e construir uma rede de lideranças indígenas, com enfoque na identificação de perfis que possam vir a fortalecer o movimento indígena no Brasil, se conectando também com redes de lideranças latinoamericanas.

Aldear a Política

No primeiro turno das eleições municipais de 2020, a Apib identificou 236 candidaturas eleitas de 71 povos indígenas no primeiro turno. Esse foi o maior número de parentes e parentas que conquistaram cargos públicos na história do Brasil.

Em plena pandemia da Covid-19, candidatos e candidatas indígenas enfrentaram a atual crise sanitária e ocuparam cargos nos poderes executivo e legislativo, em 127 cidades de 24 estados, em todas as regiões do país.

O ano de 2020 também foi que teve maior participação indígena nas urnas, foram 2.212 candidatos nos 5.568 municípios do país – representando um aumento de 27% em relação às eleições de 2016.

Clique AQUI para ler o manifesto completa “Aldear a Política da Apib.

eleições indígenas
Imagem: Reprodução | Apib

LEIA MAIS:

- Publicidade -