Conviver com o verde, inclusive dentro de casa, traz tranquilidade. Sensação cada vez mais essencial, especialmente em tempos de isolamento social. Além de ser terapêutico e indicado para todas as idades, o cultivo de plantas ajuda a controlar a umidade do ambiente, limpar o ar, relaxar o corpo e a mente, entre outros benefícios.

Para reforçar a importância dessa convivência, a Globo lança uma edição especial do Verdejando com uma série de dicas para cuidar melhor das plantas que temos em casa. 

Foto: Pixabay

Toda semana o conteúdo será postado nos seguintes perfis oficiais da Globo:

A iniciativa acontece até o dia 30 de junho e conta com a participacão do elenco da emissora, especialistas em jardinagem e empreendedores ambientais que vão compartilhar com o público a experiência de cuidar das plantas de casa.  

Novas perspectivas

“Temos investido na adaptação de nossas iniciativas de experiência para trazer um pouco mais de leveza para a quarentena e contribuir com o enfrentamento deste momento pelo qual estamos passando. Verdejando é uma das iniciativas que ajudam a dar uma nova perspectiva para a rotina durante o necessário isolamento social”, explica Alexandre Mutran, gerente de Comunicação Regional da Globo.  

Entre os temas que serão abordados, estão dicas para quem quer conhecer e cuidar melhor das plantas que cultiva, tratar pragas, produzir seu próprio adubo, começar uma horta em casa, desenvolver experiências com as crianças e muitas outras.

Empreendedores ambientais, parceiros da iniciativa, participam da produção das dicas, mostrando seu trabalho e dando embasamento ao conteúdo. 

Verdejando

O ‘Verdejando’ é uma iniciativa da Globo, que desde 2013 busca conscientizar, mobilizar e provocar a reflexão sobre a importância do verde nas cidades.

Em sete anos de atuação, a iniciativa já produziu mais de 26 horas de conteúdo jornalístico, teve mais de 150 entradas ao vivo e plantou mais de 10 mil árvores em conjunto com a comunidade.

Desde 2019, o Verdejando é realizado simultaneamente em Brasília, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.