A pesquisadora inglesa Suzanne Lee, desenvolveu uma técnica que pode acabar com a fabricação de tecidos sintéticos. O processo se desenvolve a partir de bactérias que fermentam a levedura misturada com chás doces.

O sistema de fabricação do tecido de levedura é parecido com o da cerveja. O processo de fermentação entre as bactérias e a levedura ocorre durante dez dias, após isso, uma fibra é formada na superfície do tanque, que depois, é recolhida, seca e transformada em tecido.

Suzanne Lee já havia escrito um livro sobre as diversas formas alternativas da indústria da moda. Agora, ela criou os produtos baseados na ideias que descrevera. Para mostrar que o tecido de levedura é eficiente e pode se tornar real, ela produziu três peças, sendo duas jaquetas e uma camisa.

O material, feito de levedura, é biodegradável e menos agressivo ao meio ambiente. Por isso, os pesquisadores, em parceria com a faculdade Imperial College, estudam formas de produzi-lo em larga escala.

Informações: Época Negócios Online

Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.