- Publicidade -

A marinha russa está prestes a testar um modelo de submarinho movido a hidrogênio. O modelo B-90 Sarov é o primeiro a ser produzido no país com a tecnologia de combustível limpo e deve ser colocado no mar ainda neste ano.

O submarino foi construído com base em plantas de modelos alemães e, na teoria, os propulsores russos poderiam ser aplicados em outros projetos já existentes. Além do benefício ambiental, o uso de hidrogênio torna o submarino mais seguro e seu abastecimento mais prático.

Nos modelos tradicionais, com motores elétricos e a diesel, existe a inconveniência de o submarino precisar emergir caso as baterias descarreguem, para que o motor a diesel comece a funcionar. Esse procedimento deixa os submarinos muito vulneráveis, fator eliminado pelos novos motores.

- Publicidade -

O novo submarino russo conta com um sistema motopropulsor de ar-independente, que aumentam a resistência de submarinos não nucleares e também reduz o barulho, comum aos motores a diesel.

O B-90 Sarov ainda é um submarino experimental, que passará por testes de novas armas e equipamentos. Dependendo dos resultados é possível que ele entra na lista de produção russa. Com informações do Rusnavy.

Redação CicloVivo

- Publicidade -