- Publicidade -

O condomínio Mansões entre Lagos, em Sobradinho – uma cidade próxima a Brasília -, deu uma nova utilidade às garrafas PET: matéria-prima para a fabricação de meio-fio. Agora as calçadas do conjunto residencial são feitas com entulhos e garrafas plásticas.

A ideia surgiu para resolver o problema que o condomínio tinha com a disposição de um local onde os resíduos pudessem ser descartados. Os resultados foram dez quilômetros de meio-fio prontos e 30 mil garrafas reutilizadas.

O meio ambiente foi beneficiado e os moradores também, já que a medida trouxe economia de 20% com o valor gasto na fabricação das guias. Inicialmente, a cada metro de meio-fio eram usadas três garrafas plásticas, cheia de entulho triturado. Hoje, são usadas cinco garrafas para cada metro de meio-fio e a fabricação ocorre no próprio local de uso, para minimizar os impactos causados pelo transporte. A nova técnica é tão parecida com o formato tradicional, que após finalizada não é possível diferenciá-las.

- Publicidade -

Outros beneficiados foram os seis funcionários, contratados para colocar a técnica em prática. Diariamente eles conseguem fazer até cem metros de guias. Os moradores do condomínio foram essenciais para que a ideia fosse colocada em prática, ao separarem às garrafas e darem a elas a destinação correta, que é a reciclagem.

Os interessados em aplicar a técnica em outros lugares podem contatar o condomínio através do telefone (61) 3369-0897.

Com informações da Globo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -