Trocar o absorvente pelo famoso “copinho” já é uma opção para muitas mulheres. Um produto simples que agora pode ganhar uma versão mais moderna nas mãos da  startup Loon Lab, que está desenvolvendo um coletor capaz de medir, analisar e acompanhar o ciclo menstrual.

O coletor “inteligente” possui três pequenos sensores que enviam informações para um aplicativo no smartphone por meio de Bluetooth. Ele pode analisar o aspecto da menstruação, como nível e coloração. Sabe aquela tensão de não saber se já é hora de esvaziá-lo? Ele avisa. O coletor é capaz até de identificar um problema de saúde a partir do sangue e emitir um alerta para a usuária.

O produto é uma revolução aos tradicionais modelos. Apesar de ainda não ser tão famoso no Brasil, o coletor está cada vez mais comum em países europeus e nos EUA. Normalmente, pode ser usado durante, aproximadamente, seis horas, dependendo do fluxo. E é para ajudar a mulher a saber quando é o momento de esvaziá-lo que a Loon Lab criou o copinho tecnológico.

Para lançá-lo no mercado, a startup buscou financiamento colaborativo no Kickstarter e alcançou a meta estipulada.

Além de prático, a opção é ecologicamente correta, já que evita o descarte de absorventes tradicionais, um resíduo que leva até cem anos para se decompor.

Redação CicloVivo