A cervejaria Goose Island está liderando uma iniciativa para incentivar a logística reversa e ajudar a solucionar um dos principais problemas do bairro de Pinheiros, em São Paulo (SP): a dificuldade dos bares e restaurantes da região em descartar corretamente as garrafas e embalagens de vidro. Assim, ao lado da startup Green Mining, a cervejaria vai recolher todos esses recipientes para enviar ao centro de reciclagem da Cervejaria Ambev, no Rio de Janeiro.

Bairro natal do Brewhouse de Goose Island, localizado no Largo da Batata, Pinheiros se tornou um dos locais mais badalados da capital paulista. Mas com tantos bares e restaurantes, como fica o descarte de resíduos, ainda mais no Brasil, onde menos de 50% das garrafas de vidro são recicladas? Preocupada com as questões urbanas da região e por sua forte ligação com o local, a Goose Island tomou a iniciativa com um trabalho de logística reversa em parceria com a Green Mining.

Agora um coletor, em uma bicicleta adaptada, percorre Pinheiros retirando as garrafas de vidro dos estabelecimentos parceiros e leva para uma central de recebimento no centro do bairro. A partir disso, o material é encaminhado para a Fábrica de Vidros da Cervejaria Ambev, no Rio de Janeiro, onde é processado e transformado em novas garrafas.

Esse trabalho, iniciado em março, já vem dando resultados. Em cinco semanas, 35 bares e restaurantes foram impactados, e a iniciativa juntou mais de 7,8 toneladas de garrafas de vidro. Todo esse material, agora, vai ser reaproveitado da maneira correta. E para garantir o funcionamento eficiente dessa economia circular, um sistema de certificação é feito em todas as fases do processo garantindo que todo o material coletado chegue ao seu destino final de maneira correta.

“Queremos ajudar os bares e restaurantes da região em relação à reciclagem. O vidro é um material reciclável, mas muitos ainda têm dificuldades em descartá-lo corretamente. Nossa ideia é levar essa iniciativa para o maior número de estabelecimentos”, afirmou Thiago Leitão, gerente de marketing da Goose Island.

Green Mining e a Aceleradora 100+

A Green Mining é uma startup paulistana que desenvolveu um sistema de otimização de hubs para a coleta de vidro. Ela faz parte da Aceleradora 100+ da Cervejaria Ambev. A iniciativa, lançada globalmente em junho de 2018 pela AB Inbev, selecionou, em parceria com o Pacto Global da ONU, pequenos e médios empreendedores com propostas inovadoras e disruptivas para algumas das principais questões socioambientais da atualidade.