Em Helsinque, capital da Finlândia, um novo tipo de supermercado surgiu e está chamando atenção. São os enormes supermercados “Kierrätyskeskus”, ou “centros de reutilização”, que só oferecem produtos de segunda mão. A variedade dos produtos disponíveis nos sete centros de reutilização inclui móveis, roupas, livros, utensílios de cozinha, artigos esportivos e outros.

Apesar de parecer com um hipermercado comum (mas com produtos de segunda mão), os Kierrätyskeskus não têm fins lucrativos e são mais um estilo de vida do que um comércio. As lojas estimulam o consumo sustentável, evitando o consumo de matéria prima virgem e recursos limitados do planeta.

Também é vendido nas lojas móveis artesanais de segunda mão e móveis upcycled, que além de estarem disponíveis nos centros físicos, podem ser comprados pela loja online que atende em todo território finlandês. Pelo site da loja também é possível acessar um programa de educação ambiental.

Kierrätyskeskus e economia circular

Apesar das Kierrätyskeskus não serem novidades, o modelo de serviço que elas oferecem está se popularizando agora, espalhando-se com o conceito de economia circular. Como parte da ideia, a conscientização de que o planeta está a cada ano mais perto de um colapso material tem se espalhado. A estimativa de que a população mundial chegue a 9 bilhões de pessoas até 2045 reforça o conhecimento de que muito é tirado da natureza e muito é produzido em pouco tempo, mas pouco é feito para repor o que é tirado.

A hora de viralizar ideias como essa é agora. Está cada vez mais claro que é importante questionar o consumismo de produtos novos quando há tantos produtos em boa condição para consumo de segunda mão ou em situação digna de reaproveitamento para reduzir o uso de produtos virgens. Conhecer iniciativas como essa é o primeiro passo para o consumo consciente.