Uma banca de jornais e revistas instalada em Estocolmo, na Suécia, é a primeira do mundo a contar com um sistema de impressão instantânea, que ajuda a reduzir o desperdício de papel. Parecido com as gráficas, o mecanismo digital permite que os clientes escolham suas publicações, paguem o preço estabelecido, e, em dois minutos, levem as impressões para casa.

Batizada de Meganews, a banca foi recentemente inaugurada na capital sueca, seguindo o modelo on demand, em que cada cliente imprime somente a publicação que precisa ter em mãos. São oferecidas as principais publicações internacionais, e o pagamento é feito por meio de cartões de crédito ou débito. Confira o vídeo abaixo (em inglês):

Além de diminuir o uso do papel nas gráficas, a medida também dá um fim ao encalhe (jornais e revistas que sobram nas bancas e precisam ser devolvidos à editora), eliminando um sério prejuízo para o mercado editorial. Fora isso, o Meganews dispensa transporte, reduzindo também as emissões de carbono. “É necessário reduzir os gastos causados por apenas uma cópia. Boa parte dos custos para as editoras estão relacionados à distribuição destes materiais”, diz Stefan Melesko, especialista do Media Economics.

Depois de serem compiladas em formato digital pelas editoras, as publicações são enviadas ao Meganews, que reproduz os elementos gráficos (como imagens e cores) com qualidade parecida à das impressoras digitais convencionais. O sistema também permite que o material seja atualizado ou alterado pela editora.

Gabriel Felix – Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.