- Publicidade -

Amantes da vida selvagem, os príncipes britânicos Charles e William fizeram um apelo em um vídeo divulgado neste domingo para pessoas ao redor do mundo protegerem espécies ameaçadas de extinção.

Pai e filho gravaram a mensagem para marcar o início de sua campanha, que vai durar uma semana, enquanto Charles e William participam de eventos em apoio à luta contra o tráfico ilegal de animais silvestres.

Incoerentemente, foi divulgado pelo jornal britânico The Sun que o príncipe William teria ido caçar veados e javalis selvagens na Espanha com seu irmão Harry apenas um dia antes do apelo público. Não há nenhuma menção de que a caça na Espanha seja ilegal.

- Publicidade -

Nicholas Witchell, correspondente da BBC na Espanha afirmou: "Essa viagem é muito diferente que matar espécies ameaçadas de extinção para obter lucro, mas muitos podem achar que ir à caça, dias antes de lançar uma campanha de alto nível é, no mínimo, inoportuna."

Os príncipes britânicos foram filmados na casa de Charles em Londres e falaram sobre os efeitos devastadores do comércio ilegal de animais silvestres. "Viemos juntos, como pai e filho, para emprestar a voz ao crescente esforço global para combater o comércio ilegal de animais silvestres", disse Charles.


"Um comércio que atingiu tais níveis sem precedentes de mortes e relacionados com a violência que agora constitui uma grave ameaça não só para a sobrevivência de algumas das espécies mais preciosas do mundo, mas também para a estabilidade econômica e política em muitas áreas ao redor do mundo. "

O duque de Cambridge, que é patrono da caridade e conservação desde 2005, em seguida, passou a falar sobre as responsabilidades de sua geração.

"Apesar da terrível crise que enfrentamos agora, nós dois continuamos a ser otimistas de que a maré pode ser revertida", disse William. "Temos que ser a geração que parou o comércio ilegal de animais silvestres, e garantir o futuro destes magníficos animais e seus habitats, pois se falharmos, será tarde demais."

O clipe de nove minutos terminou com Charles e William dizendo a frase "Vamos nos unir pela vida selvagem!" em árabe, vietnamita, suaíli, espanhol e mandarim, a fim de serem entendidos por  um maior número de pessoas nos países mais afetados pelo comércio ilegal de animais silvestres.

O Príncipe e o Duque têm uma série de compromissos previstos para a semana de conscientização sobre a situação dos animais em extinção. Na próxima quarta-feira (12), William vai participar da United for Wildlife, Simpósio da Sociedade Zoológica de Londres, seguido por uma recepção no Museu Histórico Nacional – que marca o início da Conferência de Londres sobre o assunto.

No dia seguinte, Charles e William participam da conferência. O evento tem como objetivo discutir a questão da luta contra o comércio ilegal de animais silvestres e acordos para uma resposta global mais coordenada para ajudar a erradicá-la.

Como um ativista afiado para a preservação da vida selvagem, Charles se tornou presidente da WWF no Reino Unido em 2011. Muito parecido com o seu pai, William fundou e se tornou presidente do United for Wildlife, uma colaboração de sete organizações globais de conservação.

- Publicidade -