A Ambev vai inovar o mercado nacional de água mineral. A AMA, negócio social no país e que destina 100% de seu lucro para levar água potável a quem não tem, apresenta agora sua mais nova versão: a primeira água em lata do Brasil. A embalagem em alumínio é mais sustentável, já que além de contribuir para a redução do uso de plástico, conta com um material 100% e infinitamente reciclável.

Em 2017, 97,3% das latas de alumínio para bebida foram recicladas no Brasil – o maior índice do mundo, segundo levantamento da Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio (Abralatas) e a Associação Brasileira do Alumínio (Abal).

“A versão em lata de AMA é uma inovação no mercado brasileiro e é mais uma opção para o consumidor que, além de se manter hidratado, vai poder ajudar o meio ambiente e as pessoas que vivem sem acesso à água potável”, afirma Richard Lee, head de sustentabilidade da Ambev. “Este é um lançamento muito especial para nós, que mais uma vez colocamos a sustentabilidade como um pilar central de nosso negócio. A gente gosta de repetir: nosso sonho é unir as pessoas por um mundo melhor. AMA em lata é mais um passo nessa direção.”

Lançada em 2017, a água AMA já arrecadou mais de R$ 3,5 milhões de lucro, valor integralmente revertido para 31 projetos de acesso à água potável, nos nove estados do semiárido brasileiro, beneficiando mais de 29 mil pessoas. O objetivo é terminar 2019 com 50 projetos e 43 mil pessoas beneficiadas.

Disponível nas versões com e sem gás, a lata vem com 350ml de água e começa a ser vendida no final de 2019.

Primeiro reduzir

O plástico se tornou um produto com baixos índices de reciclagem, estima-se que apenas 9% de todo plástico do mundo seja de fato reciclado. A água em lata de alumínio pode ser uma opção para grandes eventos, como carnaval, por exemplo, onde muitos resíduos plásticos vão parar nos oceanos.

No entanto, vale lembrar que mais sustentável mesmo é levar com você uma garrafinha de água reutilizável para evitar o consumo desnecessário de embalagens, recursos naturais e emissões.

Veja também:

PepsiCo começa a vender água em lata para reduzir consumo de plástico.

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.