Ler é essencial para a formação do indivíduo. Embora essa premissa seja unanimidade entre educadores, os mecanismos de incentivo à leitura, no Brasil, ainda são muito escassos. A fim de proporcionar novas experiências com a literatura e reduzir o déficit literário no Brasil, o Grupo Projetos de Leitura criou há 12 anos o projeto “Ler é Bom, Experimente!”, aprovado pelo Ministério da Cultura e que tem o patrocínio do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre pelo sexto ano consecutivo.

Para 2013, a partir desta segunda-feira (25), o Grupo abre inscrições para escolas da rede pública participarem do projeto de incentivo à leitura “Ler é Bom, Experimente!”, dirigido ao público infantil, juvenil e adulto, que beneficiará cerca de 45 mil alunos de 400 escolas.

O trabalho consiste na doação de livros e desenvolvimento de atividades, a partir da leitura, por estudantes do 2º ano do ensino fundamental até o ensino médio. A escola se responsabilizará pelo pagamento do transporte dos materiais, cujo valor será  calculado no  momento da inscrição, que deverá ser efetuada pelo professor, no site www.projetosdeleitura.com.br.

As escolas inscritas receberão de 38 a 114 livros de autoria de Laé de Souza, além de material de apoio como folhas pautadas para redação, questionários e, ainda, uma cartilha pedagógica para auxiliar o professor a executar as atividades dentro da sala de aula. As atividades nas escolas são monitoradas pelos professores com auxílio de um manual e apoio da equipe do Grupo Projetos de Leitura.                

Após a execução das atividades sugeridas pelo projeto como adaptação dos textos para teatro, encenação e discussão dos temas, os alunos respondem a um questionário sobre os livros e desenvolvem textos baseados nas crônicas ou nas personagens. Os autores dos três melhores trabalhos recebem como prêmio outro livro de Laé de Souza.

Outra oportunidade do projeto, é que os alunos participantes, a partir do 6º ano, concorrem a ter o seu texto incluído no livro “As melhores crônicas dos projetos de leitura – Volume 5”, que será lançado até novembro de 2013.

Para o coordenador do Grupo Projetos de Leitura, escritor Laé de Souza, nada desenvolve mais a capacidade verbal e de interpretação que a leitura de livros. “Os livros proporcionam um aprendizado leve, agradável e de forma natural. Pode-se observar que, ao final da leitura, os estudantes ficam enriquecidos com novas experiências, novas ideias, novo vocabulário, entre outras infinitas vantagens que essa prática pode oferecer.”      

Em 2013, o Projeto será desenvolvido com a utilização dos livros “Radar, o cãozinho”, “Quinho e o seu cãozinho – Um cãozinho especial” e “Acontece…” A escola poderá participar com até três classes, recebendo, como doação, exemplares desses títulos para todos os alunos.

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.