A ONG norte-americana Pivot Program encontrou no upcycling uma alternativa para ajudar a reinserir ex-presidiários e moradores de rua na sociedade. O projeto ensina princípios de carpintaria e capacita os participantes para transformarem materiais reaproveitados em mobílias.


Foto: Divulgação 

Os responsáveis pelo programa são o casal Nikki e Jon Jason. Ela é especialista em marketing e ele é designer de móveis. A inspiração veio depois que eles ouviram experiências de outros empresários que usaram suas profissões e habilidades para gerar impacto social. “Comecei a pensar sobre o que eu poderia fazer com meu conjunto de habilidades que poderiam impactar a vida das pessoas”, explicou Nikki, em entrevista ao site TreeHugger.

A solução foi trabalhar com a fabricação de móveis sustentáveis. A maior parte do material usado no projeto é proveniente de doações, mas a organização também compra madeira de demolição para a fabricação de algumas peças totalmente novas.


Foto: Divulgação 

Usando as aulas de carpintaria, os participantes aprendem a reformar móveis antigos e também a criar mobílias usando materiais que iriam para o lixo. Entre os destaques das peças criadas está uma mesa feita com pranchas de andaimes recuperados e uma cadeira, refeita após ter sido danificada no furacão Sandy.

Para iniciar o trabalho, a ONG contou com o suporte da Associação Osborne, que financia programas sociais dos mais diversos tipos. No entanto, o intuito é conseguir manter todas as despesas do programa apenas com a venda dos móveis criados pelos alunos. 

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.