A Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro (Sebastiana), em parceria com a Globo Rio, realiza pelo quarto ano consecutivo a ação “Carnaval Limpo”, para a coleta de material reciclável durante o carnaval. 

O projeto foi ampliado em 2013 e contará com 200 profissionais treinados pela ONG Doe Seu Lixo, entre eles estão: coletores, equipes de triagem, motoristas, líderes de operação, coordenadores e gerência operacional. Todos passaram por um treinamento para preparação do trabalho que teve início no última sábado (26) com o desfile do bloco Imprensa que eu Gamo, em Laranjeiras.

Neste Carnaval, a operação será aperfeiçoada e contará com uma estrutura ainda maior que nas outras edições. Entre as novidades, estão os carrinhos para carregar as bags (bolsas de coleta) durante os trajetos dos blocos, o que facilitará a movimentação dos catadores entre os foliões. Pela primeira vez também serão usadas as “bombonas”, um tipo de latão próprio para armazenamento de vidro, minimizando os riscos de acidentes durante a coleta e transporte do material. Os catadores, ou agentes de coleta, também ganharão uniformes com camisa, bermuda, luva e boné.

Todo o resíduo coletado durante a passagem dos blocos será levado por caminhões para as tendas montadas nas concentrações dos blocos, onde será feita a pré-triagem. Em seguida, o material será transportado por caminhões fechados munidos de sistema de rastreamento (GPS) para a Usina de Triagem e Reciclagem (UTR-RJ) do Instituto Doe Seu Lixo, no bairro do Santo Cristo. De lá, seguirá para venda. Além da geração de renda com a comercialização, os agentes de coleta também receberão diárias remuneradas, auxílio alimentação e transporte.

Relatórios de impacto ambiental

Outra novidade em 2013 é que serão gerados relatórios parciais por blocos, relatórios finais de volume e relatórios de impacto ambiental mitigados com a coleta e destinação adequada dos resíduos, permitindo contabilizar os benefícios ambientais da ação, além de quantificar a neutralização de CO2 durante o processo. A metodologia para geração desses relatórios foi desenvolvida pelo Instituto Doe Seu Lixo em parceria com a COPPE/UFRJ.

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.